Postagens

with a little help from my friends

O apê que vou morar é o apê da minha melhor amiga, que me trocou por um argentino e foi bem linda morar em Buenos Aires. Ela não podia estar mais feliz de entregar as chaves da casa dela pra alguém que ela confia e sabe que vai cuidar bem, e eu não podia estar mais feliz de morar em um lugar que já passei momentos ótimos, dei muitas risadas e conversas até amanhecer. em um apartamento que já tive momentos ótimos e muitas risadas e conversas até amanhecer. Ainda não me mudei, mas sei que vou me sentir em casa porque sempre me senti em casa na casa da minha amiga. 
Um antes e depois da única coisa que eu realizei na casinha até agora - pintar a parede da sala hahaha. Antes ela era verde água, quase igual ao tom que um dia foi meu quarto.
Eu decidi fazer tudo que posso sozinha no apartamento, porque apesar de ter economizado muito tempo pra poder fazer isso, não quero gastar com nada que não precise. Sozinha não porque quem tem amigos tem tudo e recrutei todo mundo pra passar o dia pintando lá comigo. Só um apareceu, CLARAMENTE A ÚNICA PESSOA QUE SE IMPORTA COM A MINHA FELICIDADE hihihih. Eu só tenho um dia de folga no trabalho por semana, o que significa que passei dois domingos só pintando as paredes da sala. O que também significa que eu nunca nunquinha na vida estive tão exausta - vou falar uma coisa pra vocês, gente, pintar é trabalho e faz 14 dias que eu trabalho todos os dias sem descanso.
O plano inicial era pintar a cozinha também, mas acabei gostando do contraste da cor que escolhi pra parede e do rosinha que já tinha antes. Ou fingindo que gostei, porque não tenho pique pra pintar mais coisas no momento hahahaha, eu sou muito perdedora meu santinho.
Essa é a sala, fico panicada toda vez que penso que não tem NADA nela. Eu comprei um sofá que demora 25 dias úteis pra chegar mas já estou mega ansiosa. Mas por enquanto é isso que tenho: um sofá que não chegou, essa poltrona e essa prateleira que são da minha amiga. Pretendo colocar pés-palito nesse móvel/prateleira pra usar de rack, acho que vai ficar lindinho.
Essa é a cozinha e a visão da entrada. Já levei algumas coisinhas que não uso no dia-a-dia pra lá e aproveitei pra colocar na porta o capacho que minha irmã me deu <3 adorável.
Não reparem a bagunça ali em cima do fogão, fiz uma faxina na geladeira e deixei tudo aberto.
E porque eu não tenho mais nada pra fazer da minha vida eu simulei meu ape no the sims:
Por enquanto os planos da cozinha são esses: colocar três prateleiras iguais à que tem lá em cima na foto e uma cortininha embaixo da pia pra tapar a bagunça. 
Aqui fiz um outro ângulo que mostra onde pretendo colocar o painel de eucatex que falei nesse post na parede :)

manual prático de bons modos em restaurantes

Eu não sou o tipo de pessoa que é grossa com atendentes, mas eu sou o tipo de pessoa que não percebia que podia fazer coisas pra facilitar a vida deles. Trabalhei em uma padaria/cafeteria que estava constantemente lotada e, além de preparar os pratos, também atendia. Nunca gostei de atender porque o que eu gosto mesmo é de estar lá na cozinha bem doida me concentrando em digievoluir para um polvo e desenvolver mais braços pra fazer as coisas mais rápido. Mas a minha experiência como garçonete foi muito legal pra aprender muitas coisas sobre ser cliente.
Então, inspirada no falecido blog manual prático de bons modos em livrarias que me fez dar muitas risadas, decidi fazer esse esse manual prático de bons modos em restaurantes pra ajudar vocês a me ajudarem.

1 - A culpa NUNCA É da pessoa que está te atendendo. Se a pessoa não está te dando toda a atenção que você merece, é porque não tem pessoal suficiente pra te dar toda a atenção que você merece. Embora a culpa nunca seja da pessoa que está te atendendo, a culpa SEMPRE vai cair nela. Pense nisso antes de reclamar. Então se quiser reclamar pra alguém, não reclame. Mas se quiser REALMENTE reclamar, nossa, vai arruinar sua vida se não reclamar, reclame para o dono, que não contratou pessoal suficiente. E não reclame do garçom em pessoa, reclame da falta de garçons. Obrigada.

2 - Tudo que a gente mais quer é entregar teu pedido, eu juro. Se a gente não entregou ainda é porque não está sendo possível no momento. Desculpa.

3 - Se alguém te entregar um cardápio, leia o cardápio antes de tirar dúvidas. O cardápio contém 99% das informações que você precisa. 

4 - Evite pedidos pingados. Evite toda vez que o garçom venha à sua mesa pedir uma nova coisa. Essa vale especialmente se você perceber que o lugar está lotado - a gente quer se livrar da tua mesa e vamos todos te odiar um pouco se ela seguir voltando. E cada coisa nova que você pedir vai entrar pro final da fila e vai demorar cada vez mais pra chegar.

5 - Se não estiver só, tenha certeza de que todos já decidiram o que vão pedir antes de chamar o garçom. Ele não está ali para esperar vocês se entenderem, ele está ali para anotar o seu pedido. 

6 - Não diga que você está com pressa se você não está - seja honesto e assuma que está com fome. Não tem nada pior do que você entregar um pedido correndo e a pessoa ficar 25 minutos mexendo no celular antes de encostar na comida.

8 - Às vezes o pedido da pessoa que chegou depois de você chega antes do seu e eu sei que dá raiva, MAS o pedido daquela pessoa provavelmente era algo que já estava PRONTO e é só servir e o seu provavelmente demanda algum tipo de preparo mais demorado. Obviamente o ideal é que, mesmo assim, as coisas vão em ordem, mas quando você tem NOVENTA comandas de pedido na sua frente você vai fazer de tudo pra se livrar de alguns.

9 - "Psiu" não é um jeito aceitável de chamar nenhum ser humano em nenhuma circunstância. Assoviar menos ainda.

10 - Não importa o quanto você se esforce, o garçom que está atendendo uma mesa não vai desenvolver um clone que vai aí te atender - não fique gesticulando para o garçom enquanto ele está atendendo outra mesa, é impossível atender duas pessoas ao  mesmo tempo. Assim que possível ele vai te atender, ninguém está te ignorando.

11 - "Vocês já pensaram em.......?" Sim, a gente já pensou. A gente já pensou em TUDO, acredita. E se não está sendo feito da maneira que você acha que é melhor, é porque não dá.

12 -  Às vezes a gente não se dá conta disso, mas é bom ter em mente que enquanto você está na sua hora de relaxar, comer, beber e conversar, a outra pessoa está ali a trabalho e aquele momento pra ela é muito mais importante que o teu momento de lazer. Ela está ali pra fazer o teu momento de lazer melhor, mas vocês estão em modos diferentes, o que significa que nem sempre o comportamento da pessoa que está trabalhando vai condizer com o seu. Eu sei que é legal conversar, mas quando o lugar está lotado a gente meio que não tem tempo pra resenhar com você sobre nada. Observe se o garçom parece estar atucanado ou incomodado e, se sim, não saia contanto a história da sua vida porque não temos tempo pra isso.

planos pra cozinha

Vamos finalmente falar sobre coisas que EFETIVAMENTE vão acontecer na minha casinha? Vamos. Estou focando primeiro na cozinha e na sala, que são juntas, porque é onde vou passar a maior parte do meu tempo e é o que se enxerga assim que entra no apartamento.
A minha musa inspiradora da culinária é a Julia Child e sou apaixonada pela cozinha dela. É claro que minha cozinha corresponde a 1/20 da cozinha dela, mas o que dá pra sugar dali eu suguei. É claro que eu gostaria de mandar fazer móveis pra que a cozinha fique 100% funcional, mas tenho que ser realista e pensar numa solução mai$ prática. Eu adoro coisas penduradas na parede e esses murais de pegboard (a parede furadinha no fundo com as panelas penduradas) são lindíssimos.
Fonte: 1 / 2 / 3 / 4
Aqui no Brasil esses murais de pegboard são chamados de painel de eucatex perfurado (eucatex é a marca, pelo que entendi) e se compra o painel inteiro que mede quase 3 metros e custa 69 reais - bem viável e vai sobrar painel. Vou pintar de azul acinzentado, seguindo a cozinha da musa, e pendurar todos meus utensílios nele. Vai ficar lindo lindo.
Fonte: 1 / 2 / 3
Outra coisa que pretendo fazer é colocar uma cortininha embaixo da pia, que é a solução mais rápida e bonitinha pra tapar a bagunça que vai ficar por ali. Quero ver se encontro um tecido desses quadriculados amarelo, que acho que combina mais com o azul do mural :) Tem um armariozinho aéreo lá, mas quero tirar e colocar prateleiras para deixar tudo à vista. Talvez junte muito pó e sujeira e eu me arrependa, mas acho que não.
Fonte: 1 / 2 / 3
Minha mãe me deu um gaveteiro com rodinhas preto, similar à esse a foto, que fica no nosso escritório e é nele vão ficar talheres e coisas menores - também vai ser útil porque o total de bancadas que tem na cozinha é: zero. Por esse mesmo motivo, gostaria de comprar um desses carrinhos auxiliar de cozinha, numa tentativa de aumentar superfícies na cozinha. Já é um plano mais distante e que está fora do orçamento agora, mas fica a intenção :)

móveis que nunca vou ter

Lembra que eu fiz um post sobre projetos da casinha que eu provavelmente não ia fazer? Hoje o post é sobre móveis que não posso ter hahahaha. Eu fico bem chocada que coisas que eu achei que sairiam baratas, tipo um armário, são bem caras, e coisas que eu achei que sairiam caras, tipo um aparador, nem são tanto assim. Eu sigo comprando coisas pequenas e pagáveis - esses dias comprei os meus primeiros móveis, duas cadeiras pra uma mesa que não existe - mas pretendo deixar a compra de móveis maiores para quando tiver me mudado, porque vou ter uma noção melhor do espaço, do que realmente precisa, enfim. 
fonte: 1 / 2 / 3
Estou obcecada pela ideia de ter cadeiras Acapulco na sala no lugar de poltronas. Acho elas lindíssimas e a impressão que tenho é que dão um toque de design na casa, sabe? De todos os móveis que não posso pagar, esse é o que mais provavelmente poderia se fizesse um esforço porque não são absurdamente caras. 
Tem outra coisa importantíssima é que nunca sentei numa dessas e não tenho a menor ideia se são confortáveis ou não :~ 
fonte: 1 / 2 / 3
Queria muito uma mesa de centro de ferro toda trabalhada que nem essas da foto.
Acontece, minha gente, que eu pedi um orçamento pra um serralheiro que fez umas armações de ferro no meu trabalho de uma mesa de centro bem simples só pra saber quanto custaria. Daí mandei uma foto dessas dizendo que meu sonho era uma assim e ele disse que ia realizar meu sonho pela bagatela de 250 reais. Ainda não tive coragem de confirmar porque na lista de móveis necessários para sobreviver vamos combinar que uma mesa de centro fica em último lugar, né? MAS O SONHO É POSSÍVEL.
fonte: 1 / 2 / 3
Também ia amar ter um carrinho de bar todo retrôzinho, mas uma rápida pesquisa em antiquários de Porto Alegre mostrou que um carrinho desses estouraria o orçamento do sofá, armário e mesa de jantar juntos :~ E os bons drinks que gostaria que estivessem nele estourariam o orçamento do rancho do mês hahahaha. Na minha casa provavelmente só vai ter latão de Skol. Meu eu alcoólatra coloca o carrinho de bar antes da mesa de centro na lista de prioridades, sou dessas.

Empolgadíssima com minha casinha. Eu considerei durante uns dez minutos fazer um blog sobre a decoração dela, talvez um instagram, sei lá. Mas não dou conta de postar direito nem aqui, já pensou um segundo blog? Impossível. Vocês odeiam esses posts?

BEDA #fail

Eu falhei, gente.
Confesso que foi uma falha meio friamente calculada: estava meio frustrada com o BEDA e o soterramento de bons posts no meio de um mar de posts lixo. Eu já estava desanimada correndo pra postar qualquer coisa e ano que vem vou me programar melhor. Aliás, a única vez que eu consegui "completar" o BEDA foi em 2016 e lembro que eu tinha mais de 15 posts planejados. Esse ano eu tinha: zero. Hahahaha. Postar 23 vezes em agosto foi um sucesso, afinal :)
Eu no BEDA.
No Blog Day volto aqui pra fazer textão sobre a ~blogosfera~ (meu deus como odeio essa palavra) e indicar meus blogs favoritos <3