amsterdã

Cada vez mais difícil escrever aqui no blog, eu sento mas não sai nada. Esse post aqui tô escrevendo faz um mês já, aos pouquinhos, e finalmente saiu. Acho que é um bloqueio criativo mesmo, tenho bastante fotos e planos pela frente, não me abandonem por favor :) 
Enfim, Amsterdã.
Fiquei tão pouco tempo em Amsterdã que parece que cheguei e fui embora no mesmo dia. Peguei muita chuva mas nem me importei. O único problema foi que fico meio assim de pegar a câmera com medo que ela estrague - o celular demônio a gente ignora, né, se molhar é só colocar no arroz. Então tem mais fotos meia boca de celular do que fotos legais e bem tiradas.
Essa é minha foto favorita de Amsterdã porque me remete a um momento bem lindo da viagem. Estava meio perdida e me dei conta que tinha andado umas 10 quadras na direção errada. Parei durante um segundo nesse parque e me concentrei no mapa pra pensar o que tinha feito de errado. Antes tirei essa foto. Aí fiquei ali quebrando a cabeça e quando me dei por conta o parque estava lotado de crianças com seus respectivos guarda chuvinhas dando piruetas e brincando felizes. Sabe aqueles momentos que você pensa que a vida vale a pena ser vivida? Sei lá :)
Um dos primeiros livros que li foi O Diário de Anne Frank. Não tinha a menor ideia de quem era Anne Frank. Não sabia sequer que ela tinha existido de verdade e que o diário era real. Sabia que tinham existido guerras e que pessoas tinham morrido, mas não sabia a dimensão daquilo. Eram coisas que tinham acontecido há muito tempo e que não tinham a menor influência na minha infância suburbana de classe média. O que aconteceu foi que o livro para abruptamente, assim como a vida da Anne. Eu não era a criança mais brilhante e não entendi, achei que estavam faltando páginas. Minha mãe teve que me explicar tudo, ela me sentou e me falou longamente sobre o holocausto. Esse foi o meu primeiro contato com um mundo sem finais felizes da Disney - o horror. Definitivamente um livro que marcou muito minha vida, lembro de deitar na minha cama e não conseguir dormir pensando o quanto eu e Anne tínhamos tanta coisas em comum mas ao mesmo tempo vivemos histórias completamente diferentes e na injustiça de tudo isso.
Todo um bla-bla-bla pra contar que, assim que fechei as datas da passagem a primeira coisa que eu fiz foi comprar a entrada para o museu da casa da Anne Frank. Que não foi nem de perto a experiência que eu pensava que ia ser, o que não deixou ela menos incrível. Achei que ia ver, sei lá, o quarto dela, a escrivaninha dela onde ela escrevia o diário, sabe? Acontece, gente, que não tem nada lá. Não sobrou um móvel que seja. E isso por si só é mais chocante do que se eu tivesse, sei lá, encostado no lápis dela. Depois de 20 anos e achando que já vi muita coisa nessa vida, me peguei pensando de novo na injustiça de eu poder estar ali e ela não. Eu fiquei emocionada e dei uma choradinha inesperada. Acho que foi uma das experiências mais emocionantes da minha vida. 
Canais, canais e canais, canais por tudo, nos primeiros tu pensa "AI QUE EMOÇÃO UM CANAL" mas depois acostuma. Mentira, acostuma nada cada virada de esquina é um gritinho hihihi.

Uma coisa que achei uma viagem lá é que muitas pessoas moram em apartamentos térreos sem cortina nem nada. Aí tu está ali bem bonita turista admirando arquitetura de prédios e de repente dá de cara com alguém deitado na sua própria sala de pijama vendo televisão bem de boa e seus olhares se cruzam e tu fica meio sem saber se sorri e abana ou finge que não viu.
Amsterdã serviu, dentre outras coisas, para me fazer sentir velha. Sempre que qualquer pessoa fala que está indo pra Amsterdã, ninguém fala sobre o museu da Anne Frank. Todo mundo fala que você vai fumar maconha. Passei na frente de um coffee shop e pensei "será?". Sei lá, eu sou uma mulher adulta e não vou estar fazendo nada ilegal, qual o pior que pode acontecer? Mas acontece que essa decisão, meus amigos, não veio tão fácil. Já pensou se eu fico muito doida e me perco? PIOR, JÁ PENSOU SE EU ENTRO NUMA PIRA MUITO LOUCA E MINHA MENTE NÃO VOLTA NUNCA MAIS TIPO AQUELAS LENDAS URBANAS QUE TINHA QUANDO A GENTE ERA ADOLESCENTE? MEU SANTO, JÁ PENSOU SE EU MORRO? - exata evolução do meu pensamento.
Eu calculando se devia fumar maconha em Amsterdã.
No final das contas cheguei a conclusão de que se eu estava pensando tanto sobre o assunto era melhor não fazer. Em outras palavras, arreguei. O que me fez me sentir uma pessoa muito adulta e pé no chão. Ou muito velha e careta, você decide. Eu decidi pelo último.
Amsterdã foi a cidade que eu conheci que eu mais quero voltar, sabe? Quem sabe um dia :)

Comentários

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. te abandonar, jamais! ótimo ter você de volta. Vou te contar que sei muito pouco sobre Amsterdã, mas fiquei encantadíssima com as suas fotos e comentários, me deu a impressão de ser um lugar tranquilo, fiquei com vontade de visitar :)
    ps: o novo logo está lindão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. lugar tranquilo - perfeita descrição! e olha que fui num final de semana onde milhoes de europeus vão pra lá fazer festa! hahaha

      Excluir
  3. Meus pais adoraram Amsterdã, mas não se animaram a visitar o musei da Anna Frank por motivos de fila e escadas. Também não fizeram os clichês de usar drogas ou visitar as putas. Mas ficaram admirados com a quantidade de bicicletas, com os barzinhos cheios de gente amistosa e alto astral e com a organização da cidade. Já pensou se Porto Alegre aproveitasse esse arroio horroroso de forma que ficasse, no mínimo, navegável? *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois é, hoje em dia só dá pra entrar se comprar ingresso antecipado, daí é com hora marcada e é só chegar! mas sei que até pouco tempo atrás era uma barra mesmo. Quanto as escadas nem achei ruim, e olha que sou a fresca das escadas também hahaha
      UM SONHO REVITALIZAÇÃO DO GUAÍBA NÉ GURIA, seria lindo :~

      Excluir
  4. Que saudades que eu estava dos seus posts <3 Fiquei bem feliz ao ver as fotos da sua viagem, e elas estão lindas!
    Amsterdã é linda! Fiquei com vontade de conhecer também!

    Bjoos

    ResponderExcluir
  5. Saudades Amsterdam, confesso que li o Diario de Anne Frank quando estava com a viagem marcada para Amsterdam, é um livro que eu acho TÃO triste justamente pelo fato de vc saber q foi real e fim sem fim é pq ela foi capturada e morta (falar sobre um livro tão conhecido não é spoiler né? shuahsuhaus) Voltei com umas 500milhões de fotos dos canais pq eu ficava sempre encantada em ver um canal. Amsterdam infelizmente é rodeada pelo esteriótipo e todos imaginam que ela é apenas um lugar para fumar. Mas são tantas coisas MARAVILHOSAS na cidade. hahaha adorei as fotos :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ai guria nem fala os canais são incríveis né :~ todos lindos, eu andei muito por lá e todos que eu passava parava e ficava admirando

      Excluir
  6. Deve ser um local muito lindo. Eu nunca li o livro da Anne Frank e perdi o interesse depois de ler que nem tudo que tá escrito lá é real.
    E achei você uma adulta muito responsável.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. velha careta, adulta responsável, tudo a mesma coisa hahaha

      Excluir
  7. meudeus a parte da maconha socorro HAHAHAHAHA me identifiquei tanto que tô passando mal de tanto rir, HELP HAHAHAHA sério, tipo de desespero que eu teria só de imaginar a possibilidade

    quanto a anne frank, preciso terminar de ler esse livro. não consigo nem lembrar o que me fez parar ali no meio, mas a sensação é bizarra. quem sabe uma hora eu consiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a história de eu não ter fumado maconha em Amsterdã acho que é quase tão boa quanto se eu tivesse fumado maconha em Amsterdã hahahaha
      é pesado né, super entendo não ter conseguido ler até o final!

      Excluir
    2. Fotos lindas da cidade mais linda! Já quero ir!!!

      Excluir
  8. Certamente uma pessoa muito adulta e pé no chão. <3

    ResponderExcluir

Postar um comentário

infelizmente o blogger não tem uma plataforma muito boa de comentários, então se alguém tiver algum interesse em ver minha resposta tem que voltar aqui no post. Procuro responder todos!
Obrigada pelo feedback!!