Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2017

casinha

Estamos fazendo uma mini reforma na sala aqui de casa. Nem sei se dá pra chamar de reforma, porque é praticamente só estético. Enjoamos das cores na parede (era a mesma desde que nos mudamos, 10 anos atrás), o sofá estava quebrado com um buraco negro que qualquer um que sentava ali nunca mais conseguia levantar, enfim... Estava precisando. Sem contar que, depois da reforma da sala de jantar anexa a essa, parecia que as duas nem pertenciam à mesma casa.
A única coisa que a gente tinha certeza é que queríamos um sofá confortável para ver televisão. Era essa a expectativa.
Realidade: compramos um sofá de couro gelado, duro que dói, usado e arranhado por um gato muito irritado. MAS É LINDO E ISSO QUE IMPORTA. É talvez o sofá mais adorável que já vi, podia ter vindo diretamente da casa de uma vovózinha para cá. Que é mais ou menos o que aconteceu, segundo o cara que nos vendeu. Eu chamo ele de sofá novo-velho, pois é novo mas já era velho.
Uma vez li num blog de decoração que a pessoa sempre optava por estética à praticidade. Ela alugava o apartamento dela e não podia instalar ar condicionado. Mas ela se recusava a comprar um ventilador de teto porque achava feio, então morria de calor. Eu posso dizer que eu estou quase no nível dela. Mas era um blog americano e tenho certeza que se a querida morasse num país tropical ia repensar suas escolhas.
Na verdade a minha sala é enorme e vamos acabar re-estofando o sofá que já tínhamos e mantermos ele, que apesar de estar estragado, é realmente bem confortável. Então vamos ter o sofá velho-novo, pois é o nosso sofá velho mas renovado. Significando que vão ter 2 sofás na sala, o novo-velho e o velho-novo. E os dois vão acabar saindo menos da metade do preço de um sofá novo. Cês já compraram sofá? É assustador os preços.
Lá de Portugal veio essa geladeira ovo, que foi companheira da minha mãe numa casa de estudante durante 6 meses. Ainda acho graça pensando na minha mãe morando numa casa de estudante.
Ela é tão bonitinha que foi parar na sala :) Mentira, é que não tem onde enfiar o trambolho mesmo.
E o meu terrário foi todinho transplantado pra uma bacia maior. Essa talvez seja a coisa que mais gosto aqui de casa. Tenho uma pontadinha de orgulho de pensar que começou com meia dúzia de mini cactus e agora virou essa florestinha. Ainda acho que ficou muitos espaços "em branco"/muita terra aparecendo. Considerei comprar mais algumas suculentas e plantar ali, mas sabe o que eu aprendi sobre plantas? Paciência é a chave, gente. Com o tempo, isso aí vai começar a crescer, se espalhar, ficar lindo e eu provavelmente vou ter que transplantar de novo pra uma nova bacia. Não tem problema se vai demorar 1 ano.
A sala ainda não está completamente pronta, mas quando estiver vou postar aqui. Tô bem ansiosa pra que termine e fique tudo incrível, do jeito que eu imagino :)

Abril 2017: o que teve

"O que teve" é um post que faço todo final de mês contando o que aconteceu nele. Clique aqui para ver outros posts da categoria. Cês me seguem no instagram?
Em abril teve muitas mudanças aqui na minha casa, o que incluiu muita busca por móveis específicos. Esse sofá, que eu chamo de novo velho porque é usado mas recém adquirido, foi encontrado num antiquário a preço de banana. Os quadrinhos adoráveis em outro. Não comprei nenhum deles, mas considero seriamente retornar pra comprar os quadros dos gatos HAHAHA, que coisa mais fabulosa <3 a dona do lugar me disse que esses gatos moravam no antiquário e viveram mais de 20 anos cada. ADORAVELMENTE CREEPY, quero fotos de gatos mortos que não conheci na minha parede SIM. Amei também o quadrinho das manas expulsando o boy do lar <3 não passarão.
Em outro antiquário encontramos essas obras de artes fabulosas. A primeira me lembrou O Jardim das Delícias Terrenas de Bosch, quadro que vi esse ano mesmo lá em Madri, no museu do Prado. Eu fiz essa referência na minha cabeça e pensei MEU DEUS EU SOU UM GÊNIO DA ARTE e estou aqui reproduzindo pra vocês também pensarem 'OLHA QUANTA REFERÊNCIA ARTÍSTICA', confesso. Na verdade só lembro desse quadro do Bosch porque tem altas putarias rolando nele, todo uma orgia num quadro de 1500, e eu achei isso muito divertido. REALIDADES. Esse urso enforcado, gente, apns quero. Aproveitei a animação de arrumar a casa pra fazer um terrário novo também :)
Em abril também foi a Páscoa, onde teve bolo com coelho escondido, muita comida e eu voltando rolando pra casa. Também teve eu brincando de boneca e tentando ensinar alguma coisa pra minha priminha sobre diversidade sexual.
Na escola de cupcakes teve muito doce delicioso, plmdds quanta coisa maravilhosa. Eu quase morro nas aulas, juro. E eu comecei linda de dieta, corajosa, na primeira semana bem confiante O QUEEE?? NÃO VOU COMER ISSO, CAPAZ, NÃO PRECISO DISSO, QUEM PRECISA DE CARBOIDRATOS? Daí quando começou os doces fabulosos eu já estava sonhando com piscinas de açúcar e desisti.
E teve eu estudando em casa porque ESTUDAR=FAZER DOCES e eu sei que vocês invejam minha vida. Daí inventei esse doce que é mousse de maracujá com base de biscoito de chocolate, calda de chocolate branco e trufa de chocolate amargo. Ficou muito bom, modéstia a parte, mas que parece uma teta, parece.
E já que estamos no setor comida, teve uma ida ao meu restaurante favorito que indico pra qualquer pessoa de Porto Alegre ou que venha aqui para visitar: Atelier das Massas. Teve também esse camarão empanado com molho de amendoim que minha mãe fez e COMO É BOM QUANDO EXISTE UM EMOTICON PERFEITO PARA A FOTO Ñ É MSM? O coração chega a ficar quentinho. Teve também essa xícara de mousse de maracujá que combina com ~a primeira vez que usei um maçarico~ e, meus amigos, ainda tenho certeza que aquilo vai explodir.
E NO SETOR DIA-A-DIA teve Pipeline sendo lindo com essa pichação que não sei se acho fofa ou completamente stalker porque fica na frente de um prédio que tem mais de 12 andares e considerei durante um tempo que a pessoa que escreveu aquilo escreveu na porta de alguém que ~ama~ e EU PESSOALMENTE iria na polícia se acordasse com uma pichação dessas na porta da minha casa que um boy fez pra mim. Aliás, cês conhecem essa música né? Eu odeio muito essa música hahaha. Teve também O DIA QUE OFICIALMENTE ESTAVA FRIO O SUFICIENTE PRA SAIR DE BOTA NA RUA e eu desencavei meu coturno e foi fabuloso. E teve o dia que eu pintei meus cabelos de rosa e roxo e ficou 10x melhor do que eu esperava e quanto mais desbota mais lindo fica. Encontrei minha cor, acho.
Já no setor ANIMAIS FABULOSOS, está este belo exemplar da raça pinscher que VENDE ANTIGUIDADES e eu não estou brincando: se alguém chega e fica um pouco mais tempo que o normal olhando as coisas em cima da mesa ele vai correndo chamar o dono. Teve também a Cornélia, gata do meu amigo que é a gata mais linda que conheço. E daí teve o gato do boy que conheci esse mês, esqueci o nome mas sei que tem 3 letras, algo tipo Bob, que é o gato mais lindo que eu conheço. E eu quero apresentar os dois porque sou louca e acho que eles seriam o casal perfeito.
No instagram também teve essa foto que eu achei muito bonita. É uma rua sem saída aqui pertinho de casa que também pode ser definida como: banheiro do Pipeline.
E essas duas fotos que são bem Porto Alegre, 2 lugares bem conhecidos da cidade. Basicamente abril foi o mês de amar Porto Alegre. Considero essa a melhor época do ano por aqui: não está tão frio, os dias estão lindos e dá muita vontade de ficar dando rolêzinho na rua e curtir a cidade :)