ninguém vai ler :)

30 de março de 2017
E aí que eu estou obcecada por um livro que li, E O Vento Levou. Por nenhuma razão, NENHUMINHA, a não ser minha obsessão, eu fiz esse grande resumo dele. É mais pra eu nunca esquecer, porque esse livro foi muito importante pra mim, e eu sou meio esquecida. Mas vai que interesse alguém :)
Geórgia, EUA, 1860, período pré guerra da secessão. 
Scarlett O'Hara tem 16 anos e é de uma família de fazendeiros ricos. O pai é um irlândes que fez a vida sozinho. A mãe é de uma família tradicional georgiana. O nome da fazenda em que eles vivem é Tara.
Scarlett é linda e todos os boys querem ela. Ela só quer um boy, o Ashley Wilkes. Os Wilkes são também fazendeiros mas é a única família que é culta e estudada. Eles tem até uma biblioteca. Isso significa muita coisa na Geórgia de 1860. Os Wilkes adoram casar com primos pra manter a prole em família.
Vai rolar uma festinha na região e a vários gatinhos covidam Scarlett pra ir junto no rolê. Mas ela tá obcecada pelo Ashley. Ela fica sabendo que vai ser anunciado na festinha que Ashley e Melanie Hamilton estão noivos.
Scarlett fica chateadíssima pois tem certeza que Ashley ama ela e que só vai casar com a Melanie porque ela é prima dele e a família dele está forçando esse casamento. Ela decide confrontar o Ashley na festa e, se necessário, fugir com ele.
Ela chega na festa com um vestido decotado e choca todo mundo. Fica dando em cima de vários boys pra ver se o Ashley nota e sente ciúmes. Ashley caga.
Na festa, ela conhece um indivíduo chamado Rhett Butler. Entra Rhett Butler. Eu amo o Rhett Butler. Tô emocionada só de pensar no Rhett Butler. A guerra está próxima e há boatos que Rhett Butler negocia com yankees, sendo então ele uma persona non grata na região.
Ela cria coragem e confronta Ashley na biblioteca. Ele caga de pra ela de novo. Basicamente ele diz que ama ela, mas que ele é culto e ela não, ou seja, que ela é burra demais pra ele. Ela dá um tapa nele. Ele sai da biblioteca. Rhett Butler estava na biblioteca deitado no sofá e não foi visto por eles. Ela fica odiada e decide fazer a única coisa possível para evitar a vergonha: casar com o irmão da Melanie que é apaixonado por ela. ÓTIMA MANEIRA DE PENSAR, Ñ É MSM? CLARAMENTE ÚNICA OPÇÃO POSSÍVEL.
Daí ela vai lá e diz pro Charles Hamilton que quer casar com ele e ele aceita na hora e ela diz que tem que ser imediatamente.
A guerra estoura.
Não, sério. A guerra estoura exatamente nessa hora.
Ela casa com Charles e ele parte para lutar ao lado dos confederados na guerra. Ele morre em poucos meses. Ela está grávida. Ela está puta da cara porque o marido dela morreu e deixou ela grávida. Essa gravidez foi ignorada no filme.
Ashley também foi para a guerra e Melanie, que já é sua esposa e está grávida, está morando em Atlanta com a tia Pittypat. Nenhum nome de tia é melhor do que tia Pittypat. Melanie tem um coração de ouro e nunca percebeu que Scarlett considera ela uma arqui-inimiga. Melanie convida ela pra morar em Atlanta com elas. Scarlett vai.
Scarlett obrigatoriamente está em luto e deve ficar 5 anos dentro de casa usando preto. Nesse meio tempo o filho dela nasce. Ela odeia o filho porque ele é resultado de um casamento sem amor e porque não é filho do Ashley. Ela realmente é obcecada pelo Ashley.
Vai rolar uma festinha dos confederados em Atlanta. Um evento promovido pelo exército para arrecadar fundos. O trabalho das mulheres na guerra é arrecadar fundos e ajudar no hospital com os soldados caídos. Scarlett está louca pra dar um rolê e está revoltada com ter que ficar de luto tanto tempo. Ela convence todo mundo que ajudar a causa sulista é maior do que um simples luto e consegue ir.
Rola um 'passa o chapéu' do exército na festa. Scarlett não pode usar jóias pois está de luto mas ainda usa a aliança de Charles. Scarlett coloca a aliança no chapéu e todo mundo fica impressionado com a coragem dela em se desfazer da única memória do marido. Ela ri por dentro e se sente aliviada de não ter mais que carregar aquele fardo.
Rola também um sorteio apenas um pouco machista de mulheres no evento. Os boys pagam pra poder dançar com mulheres. Rhett Butler (<3) está lá. Rhett Butler oferece uma quantia absurda pra dançar com Scarlett. Todo mundo fica chocado porque Scarlett está de luto e não pode dançar. Scarlett desafia todos os padrões morais, manda todo mundo a merda e dança com Rhett.
A guerra se aproxima de Atlanta, a tia Pittypat foi visitar uns migos e Scarlett e Melanie estão de banda. Melanie está no último estágio de gravidez e a guerra chega em Atlanta. MELANIE VAI PARIR NO DIA QUE OS YANKEES COMEÇAM A INVADIR ATLANTA. A Scarlett manda chamar o médico que responde algo do tipo 'QUEM SE IMPORTA COM UMA GRÁVIDA, OLHA A TUA VOLTA' e aí a Scarlett tem que fazer o trabalho de parto de Melanie, que é muito fraca e quase morre durante o parto. Os Yankees estão já dentro de Atlanta. Scarlett decide voltar pra Tara mas não tem como ir. Scarlett lembra então que Rhett Butler existe e manda chamar ele pra ajudá-la. Rhett chega num cavalo todo capenga e ajuda ela a sair da cidade em chamas. Quando saem da cidade, ele desce da carroça e diz que decidiu lutar ao lado dos confederados e deseja boa sorte a ela na jornada a Tara. Ela fica puta e diz que nunca mais vai olhar na cara dele.
Scarlett, seu filho, sua escrava, Melanie inconsciente e seu nenê recém nascido iniciam então a jornada sozinhas até Tara. Quando chegam lá, sua mãe está morta e seu pai ficou louco. Os yankees invadiram Tara e fizeram lá o seu QG e o pai dela não aguentou a desgraça. Tara está completamente destruída e, onde Scarlett achou que ia conseguir alento, só vê ruínas. Suas irmãs são inúteis, uma dela está doente e sobra pra Scarlett levantar a fazenda. Scarlett, que é donzela e nunca teve que trabalhar na vida, tem que plantar mandioca e fazer trabalho pesado. Eles passam fome e ninguém faz nada, só ela. É aí que entra essa cena maravilhosa e conhecidíssima:
Scarlett, depois de muito tomar na cabeça e de ter todo o peso do mundo nas suas costas, decide que nunca mais vai passar fome. Que coisa mais linda.
Ashley surge. Ele tinha sido capturado pelos yankees e, agora que a guerra acabou, foi solto. Ele caga. Caga mesmo, eu juro que caga. Ele chega na fazenda, fica comendo as coisa tudo e, o trabalho que Scarlett faz em uma hora, ele leva um dia pra fazer. E ainda reclama que a vida que ele está acostumado não é aquela e que isso não é vida.
Scarlett um dia cansa de todo o peso do mundo nas suas costas e intima Ashley no meio do campo de mandioca, dizendo que sabe que ele a ama e que quer fugir com ele. Ele diz que sente desejo por ela porque ela é gata e apenas isso. Ela diz que então não tem nada mais a se prender. Ele pega um pedaço de terra, coloca na mão dela e diz: você tem isso, você tem Tara. Você sempre vai ter sua terra. Esse momento é importante.
Nesse meio tempo, começa a aparecer uns soldados voltando derrotados da guerra pedindo comida. Numa dessas, aparece Frank Kennedy, que era meio que prometido pra irmã dela. Ele pede pra Scarlett pra casar com a irmã dela, mas diz que primeiro tem que conseguir dinheiro em Atlanta. Ela permite.
Em outra dessas, aparece Will Benteen, que chegou e foi ficando e acaba por ser o braço direito de Scarlett
Em mais uma dessas, aparece um soldado yankee dentro de Tara e ela mata ele. Ela pega uma arma e mata ele, porque ele está invadindo a casa dela. Melanie vê e não demonstra nenhum choque. Elas simplesmente enterram o corpo juntas e prometem nunca contar a ninguém. Aqui você percebe que uma amizade muito mais forte do que Scarlett sente por Ashley existe.
E aí ela descobre que os yankees, que já dominaram Georgia, vão aumentar os impostos da fazenda e ela não tem como pagar. O dinheiro dos confederados não vale mais nada.
O pai dela morre tentando pular uma cerca a cavalo.
Ela então lembra de Rhett Butler, O CARA QUE ELA TINHA JURADO QUE NUNCA MAIS IA DIRIGIR A PALAVRA, que fez fortuna negociando com os yankees. Ela decide ir a Atlanta pedir dinheiro a ele, inclusive estando disposta a transar com ele em troca. Tudo isso porque ela prometeu que nunca mais ia passar fome e que faria qualquer coisa pra que isso acontecesse. Só que o Rhett Butler está preso, os yankees estão querendo seu dinheiro de volta e ele diz que não sabe onde está. Ele brinca com ela e diz que não pode ajudá-la pois vai ser enforcado dali a 3 dias. Na saída da prisão ela encontra Frank Kennedy, o boy da irmã dela, e ele conta pra ela que agora tem um negócio próprio e que tudo está correndo bem e que, em breve, poderá casar com sua irmã. Ela prontamente diz que a irmã já vai casar com outro e que ele deixou correr muito tempo mas que ela está solteirinha da silva.
Sim, Scarlett passa a perna na irmã pra conseguir o dinheiro. Scarlett, então, casa com Frank Kennedy, se muda pra Atlanta e começa a mandar dinheiro para Tara.
Scarlett descobre que o marido é meio bundão e que podia ganhar muito mais dinheiro se fosse mais esperto, então ela abre uma madeireira e comanda a madeireira. Ela comanda o próprio negócio. Ela pede a Ashley para comandar a madeireira com ela e ele diz que precisa sair disso, que quer se mudar pra Nova York e colocar tudo isso pra trás. Ela faz uma chantagem emocional, envolve a Melanie e a Melanie obriga Ashley a ficar. Scarlett AINDA É OBCECADA (!) por Ashley e não quer ele longe.
Rhett Butler molhou a mão dos yankees e não foi enforcado. Vai atrás de Scarlett pra descobrir ela casada com o boy da irmã e fica WHAT.
Tá, daí tá rolando o esquema da madeireira, a escravidão foi abolida e Scarlett "contrata" presidiários para trabalhar lá. Ela não paga eles e é um novo tipo de escravatura. Já é um absurdo naquela sociedade uma mulher comandar um negócio sozinha e ela ainda por cima negocia com yankees. Daí tá pegando pesado. Scarlett acaba sendo excluída da alta sociedade de Atlanta. Ela não dá bola pra esse tipo de preceito moral porque tem que lutar pra sobreviver e isso faz dela uma paúra.
Numa dessas idas a madeireira ela está indo pra lá sozinha e é atacada por dois boys que deixam ela semi-nua. Ela é salva por um ex-escravo de Tara e volta pra casa arrasada. As mulheres culpam ela por estar andando sozinha por aí e agora os homens vão ter que se vingar.
Os homens são a KKK. Foi o grupinho de migos da Scarlett que criou a KKK. Yep.
Então os homens saem pra pegar os caras que fizeram isso com a Scarlett e o marido dela leva um tiro e morre.
Só que a polícia já está sabendo da KKK e querendo prender eles. E eles sabiam que nesse dia eles iam se reunir. E há boatos que inclusive o ataque foi uma armadilha.
E aí as mulheres estão em casa fingindo fazer qualquer coisa, a polícia vai lá perguntar pra elas onde estão os maridos e elas ficam se fazendo. Até que chega Rhett Butler, abraçado em um Ashley bêbado e mais meia dúzia de homens bêbados. Eles fazem um teatro dizendo que estavam no puteiro e por isso as mulheres não sabiam onde eles estavam. Dizem que todo mundo do puteiro podia atestar isso. Eles tem um álibi e a polícia vai embora.
Ashley tira o casaco e ele levou um tiro. Eles estavam fingindo. Rhett Butler armou todo o circo porque era amigo das putas e salvou o dia mais uma vez. Ele pede desculpas para as mulheres por não ter conseguido um álibi mais respeitável porque ele é um fofo. Rhett Butler salva o dia NOVAMENTE. Herói.
Ashley sobrevive de boas.
Rhett conta pra Scarlett que Frank morreu e aproveita para pedir ela em casamento.
QUE HOMEM.
Ele dá um beijo de verdade nela, um beijo que ela nunca tinha recebido, e ela fica toda molenga e aceita. Coisa mais adorável. ENTÃO FINALMENTE ELES CASAM!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
A lua de mel é incrível, eles dão altos rolês fazem várias festas, voltam pra Atlanta e constroem a casa dos sonhos. Nesse meio tempo rola um romance lindo entre eles e a gente fica tudo sonhando com um boy igual o Rhett pra gente. Sério. Onde compra? TÁ TUDO LINDO? Não. Scarlett CONTINUA OBCECADA POR ASHLEY. 
Scarlett engravida e eles tem uma filha, a Bunny. Rhett é obcecado pela Bunny e começa a se esforçar pra entrar na alta sociedade de novo, pra que sua filha possa ter uma vida plena.
Scarlett decide que ter a Bunny engordou ela demais (aumentou a cintura dela em 1cm EU JURO QUE É ISSO, 1 CM A MAIS DE CINTURA) e que não quer mais ter filhos. Porque Scarlett quer estar bonita para sempre pra quando ela e o Ashley finalmente puderem ficar juntos. Ela explica pro Rhett isso e ele fica magoadíssimo.
É aniversário de Ashley e a Melanie pede pra ela enrolar ele no trabalho porque vai rolar uma festa surpresa. E aí a Scarlett chega na madeireira e ela e Ashley ficam um tempo conversando, relembrando os velhos tempos. Eles se abraçam e ela percebe não sentir nada naquele abraço e que o afeto que sente por ele TALVEZ seja só afeto de amigo, de família. Mas acontece uma grande merda. Lembra o primeiro marido da Scarlett, o Charles? Ele estava prometido pra irmã do Ashley. E ela ficou magoadíssima e virou uma solteirona e culpa a Scarlett por isso. Então, a irmã de Ashley entra no escritório exatamente no momento em que eles estão se abraçando e saí espalhando o boato que eles estão tendo um caso.
Daí a Scarlett faz drama, não quer ir no rolê mais porque está com vergonha. Rhett fica magoadíssimo porque acha que é verdade. Porque faz sentido ser verdade. Porque ele sabe que ela sempre foi obcecada pelo Ashley. Porque ele vê o jeito que ela olha pra ele. E é aqui que, se você ainda não aprendeu, você vai aprender que: DIÁLOGO É A COISA MAIS IMPORTANTE DE UM RELACIONAMENTO. Scarlett, ao invés de negar e ser honesta com Rhett, apenas fica ofendidíssma por ele pensar que ela faria uma coisa dessas. Ele conhece ela o suficiente pra saber que ela faria.
Ela vai no rolê esperando ser escurraçada porque todo mundo já está sabendo da novidade. Mas Melanie abraça ela e anda com ela pela festa inteira, demonstrando pra todos que está tudo bem. Melanie sabe que Scarlett nunca faria uma coisa dessas. Melanie é a única pessoa que compreende Scarlett de verdade e sabe que tudo que ela faz é um resultado das coisas que ela passou na vida. Melanie e Scarlett: squad goals.
Daí a Scarlett volta pra casa e o Rhett tá bêbado e eles discutem feio, fazem drama mas rola todo um angry sex e eles acabam dormindo juntos. Daí a Scarlett acorda realizada. Lembra que ela tinha meio que percebido que não sentia mais amor por Ashley? Mas aí o Rhett ainda está magoadíssimo, porque ela AINDA não disse pra ele que percebeu que não amava mais o Ashley e que nunca teve um caso com ele. Ele pede desculpas pela forma que agiu na noite passada e vai viajar a trabalho sem avisar ela. E levou a Bunny.
Ele fica uns meses fora e quando volta Scarlett conta pra ele que está grávida. Ficou grávida naquela noite. Rhett acha que é de Ashley, eles brigam, ela tropeça, cai da escada e perde o bebê. Ela fica muito doente delirando por uns dias e Rhett se culpa. Ele fica arrasado. Ele acha que ela não quer nunca mais ver ele na frente. DIÁLOGO, GENTE, NOVAMENTE.
E aí lembra que Rhett era obcecado pela Bunny? Muito disso é porque ele buscava nela o carinho que ele queria da Scarlett. E ele faz tudo pela Bunny, assim como fez tudo pela Scarlett. E Bunny queria porque queria montar a cavalo e ela ganha um pônei dele. E ela vai pular uma cerca com o pônei, cai e morre. Do mesmo jeito que o pai da Scarlett morreu.
Rhett quase morre junto e fica um pouco louco. Bunny tem medo de escuro e ele não quer enterrar ela porque no caixão vai ser escuro. Eles enterram ela com velas dentro.
Nessa mesma época, Melanie engravida. Lembra que Melanie quase morreu no primeiro parto? Ela não podia ter engravidado de novo, mas sempre quis ter outro filho. E aí que ela passa muito mal durante a gravidez e está quase morrendo. Ela está de cama faz meses e, no leito de morte, diz a Scarlett que ela é a pessoa mais incrível que ela já conheceu e pede que ela cuide da família dela. Scarlett fica arrasada e FINALMENTE percebe tudo. Que ela ama Ashley como amigo, que Rhett Butler é o boy da vida dela. Mas ela sai do quarto e abraça Ashley. E Rhett fica arrasado, achando que ela tinha ido buscar conforto nele, mas na verdade ela foi abraçar ele tipo como se fosse se despedir. Um abraço amigável de "acabou.".
Rhett vai embora e ela vai atrás dele. Encontra ele na porta da casa que ele construiu pra ela e fala tudo pra ele. Pede desculpa. Diz tudo que tem que dizer. Que ama ele, que devia ter percebido isso antes, que dali pra frente eles podiam ser felizes e colocar tudo que aconteceu pra trás.
Mas aí, minha gente, aí o Rhett Butler não aguenta mais. Depois de ter passado a vida correndo atrás de Scarlett, ajudando ela, salvando a vida dela, fazendo tudo por ela... Ele não quer mais. Ele cansou. :~~~~~~~~~ EU CHOREI EU JURO QUE CHOREI E EU NÃO CHORO ASSIM TÃO FÁCIL ESPECIALMENTE EM ROMANCES.
E é aqui que entra a famosa frase. Ela pergunta pra ele o que ela vai fazer agora, todo um dramalhão, como ela vai viver sem ele? E ele responde que:
Arrasada. Com certeza a melhor frase da literatura. Significa tudo.
E aí Scarlett que aprendeu a vida toda que tem que ser prática e pensar no dia de amanhã, porque talvez amanhã ela não tenha o que comer, decide não pensar nisso agora. Pensar nisso só amanhã. Ou seja, que ela não vai deixar isso abalar ela.
Eu amo essa maneira de pensar a vida. Também significa tudo. Significa que você sabe que tudo passa, que amanhã vai ser outro dia e depois outro e que tudo vai ficar menor um dia. Acho tão importante pensar assim, conseguir ver isso mesmo num momento triste. Scarlett é uma mulher forte e sabe que vai passar. E percebe que a única coisa boa que ela ainda tem na vida é Tara. A terra dela. Ashley cantou a pedra lá quando eles estavam passando perrengue.
Então o livro acaba com Scarlett chegando em Tara para começar uma nova vida. Porque a vida é feita de recomeços.
:~

11 comentários:

  1. Menina, eu estou pra te falar que se tem dois livros que eu estou enrolando para ler há ANOS são E o vento levou e O Morro dos Ventos Uivantes. Não tem nenhuma razão específica para a procrastinação também, mas né. Hahahah Eu curti resumo, deu para ter uma ideia geral da história e tirar um pouco da minha chatice com ele :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sei pq miga, pq tem duzentas mil páginas :~

      Excluir
  2. Eu li hahaha (em uma das aulas da faculdade #vivendoperigosamente) e é um tanto engraçado, nunca tive o interesse de assistir ou ler o livro, tinha imaginado uma história totalmente diferente e sei lá, isso se tornou tão real na minha cabeça que eu perdi o total interesse de algum dia procurar saber mais. Gostei do seu resumo (mega completo) e pretendo colocar na minha lista na de filmes para assistir

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. assisteeee <3 é paradão porque NÉ, mas é fenomenal :))

      Excluir
  3. E O Vento Levou!!! Assisti ao filme ano passado e gente, que coisa incrível saber que é uma adaptação tão fiel (tirando o bebê do primeiro casamento da Scarlett). Ela é uma mulher meio besta às vezes, com essa obsessão surreal pelo Ashley, mas ao mesmo tempo, QUE MULHERÃO DA PORRA. A cena em que a Melanie tá entrando em trabalho de parto, a cidade tá um caos e ela pega a amiga, a criada e enfia todo mundo na charrete (?) e sai pelas ruas em chamas é fantástica, minha meta de vida é ter a tenacidade de Scarlett O'Hara. Esse final é demais mesmo, e MEU DEUS, RHETT BUTLER!!! Herói, homão, maravilhoso. Uma história boa demais. Sempre bom lembrar :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu acho esse primeiro bebê muito importante porque depois quando ela casa com o Rhett ele chama ele de filho também o que é muito fofo e não condiz em nada com o sistema patriarcal da época, o que mostra o quanto o Rhett Butler É O MELHOR HOMEM DO MUNDO ALÔ?!
      Essa cena é fenomenal né. Baita mulher, queria ser 1/3 do que ela é um dia <3

      Excluir
  4. A mee i ler. Tanto o livro quanto a tua resenha :)

    ResponderExcluir
  5. Gostei tanto de ler tua resenha que nem vou mais ler o livro.

    ResponderExcluir
  6. Eu queria ter tido vc, quando eu tinha 12 anos e a professora mandou eu fazer um resumo dessa história. Na época, eu não entendi p… nenhuma disso e teria uma prova baseada nessa história.

    ResponderExcluir
  7. Eu aqui bem concentrada (cof cof) fazendo TCC e MISTERIOSAMENTE APARATO NO SEU BLOG E FICO UM TEMPÃO LENDO O RESUMO DE E O VENTO LEVOU!!!11! Eu só vi o filme há muuuuito tempo com meus pais e o que eu lembrava era essa cena dela falando "vou voltar para Tara e nunca mais passarei fome outra vez" huaihsudia, mas lendo seu resumo fiquei com vontade de ler o livro :~ A história é épica!

    ResponderExcluir

infelizmente o blogger não tem uma plataforma muito boa de comentários, então se alguém tiver algum interesse em ver minha resposta tem que voltar aqui no post. Procuro responder todos!
Obrigada pelo feedback!!

Tecnologia do Blogger.
Back to Top