Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2016

um monte de coisa nova

Eu ganhei de um amigo fabuloso essa melissa. Confesso que é uma coisa que eu jamais teria comprado pra mim, mas desde que ganhei não consigo tirar do pé. É mega confortável e, apesar de controverso, eu acho lindinha <3
O Balzac tá aí pra dar ~uma bossa ao look~, porque plmdds, alguém já tentou ler Balzac? Não tenho conhecimentos literários pra isso.
Falei que meu amigo é fabuloso porque ele é mesmo e outra coisa que ele me deu foi essa jaqueta vinda diretamente de um brechó de Tóquio que é provavelmente a roupa mais legal que eu tenho. Eu queria uma jaqueta dessas, que no mundo das modas se chama souvenir jacket, fazia horas. 
E ELA É REVERSÍVEL! PLMDDS, que coisa mais maravilhosa. Um lado é dourado e o outro prateado. Sério, é a jaqueta mais linda que eu já vi. Eu usei ela do mesmo lado umas cinco vezes até perceber que ela era reversível porque sou muito burra, hahaha. 
Cês viram lá no instagram que eu tô tentando fazer bordado? Tá sendo um passatempo super divertido e a última coisa que fiz foi essa jaqueta que ninguém que eu conheço entendeu a referência. Por favor, entendam a referência? :~ Não ficou uma brastemp, mas pra uma primeira tentativa achei que ficou legal. Eu ainda quero fazer uns enfeitinhos nela mas ainda não tive tempo, hihi.
Outra coisa nova (mas velha) que eu descolei recentemente foi esse globo, que é o mais lindo que já vi :)
A história de como eu consegui esse globo foi que eu roubei descaradamente do meu pai. Eu vi ele e falei 'pai, eu vou pegar isso aqui pra mim' e já levei pro carro pra não dar chance ao acaso. A história de como esse globo veio parar nas mãos dele foi meio que um 'achado não é roubado'. Então, quem rouba de ladrão tem cem anos de perdão, não é mesmo? HIHIHI. Ele disse que ia me dar mesmo assim, ok? :~
A única certeza que tinha sobra a idade do globo é que ele é pelo menos dos anos 80 porque nele ainda tem a Iugoslávia, a Birmânia e a União Soviética mas meus conhecimentos históricos se restringiam a isso. Decidi ir mais a fundo e, passadas 3 horas e uma crise existencial por motivos de: muito burra, muito pouco conhecimento geográfico e histórico, puta merda, descobri esse site (que é da própria marca do globo) que te ensina a verificar quando o globo foi feito. Basicamente  é uma lista de nomes de países antigos e novos que você confere com o que está escrito no seu mapa. Conferi item por item da lista e descobri que o globo é pelo menos de 1965 porque países chamados Bechuanaland (que hoje é a Botswana), Basutoland (que hoje é Lesoto) e Southern Rhodesia (que, depois de ser chamado apenas de Rodésia, hoje é o Zimbabwe) ainda estão nele. Então, no caso, esse globo anda rodando por aí desde 1965 e veio parar aqui nas minhas mãozinhas e eu tô um pouco emocionada porque me emociono com esse tipo de coisa :) obrigada, papi!

anedotário

Por motivos de esquecida, a senha de tudo que eu tenho online e na vida é a mesma senha do meu primeiro e-mail (cacahzuxa@bol.com.br), que é a data de nascimento da minha melhor amiga da quarta série que nunca mais vi. Reencontrei no Facebook há pouco e, em um momento fofo e nostálgico contei pra ela que sempre uso a data de nascimento dela nas minhas senhas sem contextualizar. Ela nunca mais falou comigo.
Soltei um 'quem sabe faz ao vivo' pra gatinha simpática a que me ajudou a encher o pneu da minha bicicleta no posto de gasolina e percebi que, apesar de ser uma mulher hétero, na minha alma eu sou um tiozão tarado.
Recorrente demonstração de inabilidade social: a pessoa conta uma história do filho e eu respondo com uma frase que começa com 'Sei como é, meu cachorro também...'.
Faz 1 ano que a tela do meu computador está semi-estragada e, ao invés de comprar uma nova, a tela virou uma metáfora pra minha inabilidade de viver/resolver problemas/tomar decisões e eu estou certa de que o dia que eu comprar uma tela nova vai ser o dia que eu vou efetivamente adentrar a vida adulta, ter a carteira de trabalho assinada e dar entrada um um apartamento na planta que só vai ficar pronto em 2025.
Recebi um e-mail do Ingresso.com com o título 'As 10 vezes que você foi Bridget Jones na vida' e durante alguns minutos contemplei a possibilidade de que o redator estava mandando uma indireta pessoal e fiquei ofendida.
Pedi pra conferir a identidade de um boy da baladinha pra ter certeza que ele era maior de idade e que eu não estava prestes à cometer um crime.
No elevador do prédio encontrei um vizinho que estava com o melhor cheiro do mundo e soltei um TU ME DESCULPA MAS MEU DEUS QUE CHEIRO BOM QUE PERFUME É ESSE e ficamos 35 minutos no hall de entrada discutindo perfumes, preços e melhores locais para comprá-los.
Às vezes quando estou contemplando o vazio existencial que é minha vida me lembro daquele verdade ou consequência de 2005 quando confessei algo que achei que todos iam concordar e dizer 'quem nunca?' e todo mundo só ficou chocado e inclusive preocupado.
Um cara me disse que ele podia me levantar no ar se quisesse eu duvidei ele me levantou no maior estilo Dirty Dancing e, lá do alto, gritei E OLHA QUE EU SOU GORDA. O cara tinha uma perna mecânica. Essa informação é inútil mas acredito que adicione um charme à história.
Falando em Dirty Dancing, se tem uma pessoa famosa que eu considero gente como a gente é a Emma Stone, que gravando essa cena de Crazy, Stupid, Love, teve um piripaque do Chaves e deu o clássico caôzinho de 'quando eu era criança eu quebrei o braço' mas todo mundo sabe que qualquer uma de nós morria ali mesmo se o Ryan Gosling nos levantasse no ar.
Já perdi em torno de vinte e seis horas da minha vida jogando Zuma Deluxe.
Esse vídeo do catioro sorrindo com um grilo na cabeça mudou minha vida.