prazer, bridget jones

30 de setembro de 2016
Percebe-se que eu não tô sabendo muito bem o que postar nesse blog. A vida anda meio corrida, meio estranha, com muitas novidades rolando e eu tô meio perdida no meio dela. Não posso reclamar, só tem acontecido coisas maravilhosas comigo e eu tô até estranhando esperando o Sérgio Malandro aparecer a qualquer momento dizendo que é uma pegadinha. Mas o blog no momento tá em segundo plano. Enfim, tenho umas histórias engraçadas pra contar e tudo que eu mais amo na vida é contar histórias engraçadas.
Então senta que lá vem história.
Se deixar, posso passar aqui dezoito horas contando o desastre que é minha vida amorosa. A mais recente é fabulosa e tão fresquinha que eu ainda tô com vergonha da minha existência. Vergonha real de a cada 5 minutos colocar a mão na cabeça e pensar POR QUE? 
Cena: bar com amigos. Eu sou o constrangimento em pessoa quando tô normal, mas me dá uma ou duas cervejas que eu viro a pessoa mais sociável do planeta. No caso, já estava na vigésima quinta cerveja. Tinha esse cara bonito no canto com uns amigos que eu já tinha reparado. Daí vem a garçonete com o cardápio e me diz 'meu amigo ali quer te mandar um drink.'. A primeira coisa que eu respondi pra ela foi MEU DEUS SÉRIO QUE ISSO ACONTECE NA VIDA REAL? Aparentemente Mr. Big queria me pagar um drink e eu não acreditei. Pensei uns 5 minutos em como ia lidar com essa situação ADULTA onde não é um abobado me agarrando na balada e sim um homem adulto querendo falar comigo de um jeito adulto e eu só pensei MEU DEUS DE REPENTE EU VIREI UMA ADULTA NÃO SEI FLERTAR ADULTAMENTE #COMOFAS? Acho que lidei mais ou menos bem porque disse que não queria drinks que queria uma cerveja mesmo e pedi pra moça pedir pra ele me trazer. NÉ? Foi uma boa forma de lidar, eu fiquei orgulhosa de minha performance. Foi provavelmente a única coisa decente que eu fiz nessa noite. Então vem Mr. Big, um cara gato que eu já sabia que nem merecia antes mesmo de ele sentar do meu lado. Perguntou se podia sentar ali na mesa e eu respondi algo do tipo:
Meu lado canastrão.
E aí sentou, encaixou na mesa direitinho, conversou com todo mundo e eu pensei JACKPOT. Tá aí um cara decente que eu posso conversar e que é um amorzinho. Mas aí eu contei lá em cima que eu estava na vigésima quinta cerveja e ele me pagou a vigésima primeira sexta né? Se tinha uma coisa que era certa nessa história toda é que a coisa ia descarrilhar. Descarrilhou e eu fui de só falar bobagens pra TROLAR o pobre do menino o tempo todo porque é isso que eu faço quando estou nervosa. Vim a descobrir que ele trabalha na Globo e chamei de golpista. Ele quis pagar minha conta eu chamei de machista. No caso, ao invés de ser a pessoa maravilhosa que sou fui só a pessoa horrível que sou. Porque eu tenho esses dois lados, o bom e o ruim, e quando o ruim tá afim de se manifestar, meu Deus, ele faz tudo que ele quer. Eu fiz tudo errado, migas. Tudo errado.
Eu não vou entrar em muitos detalhes porque meu pai lê esse blog e eu tenho uma reputação de boa filha a zelar. OI PAI, TUDO BEM? DESCULPA.
Só sei que acordei no outro dia e mandei uma mensagem com as palavras 'Oi! Desculpa por ontem' e um emoji envergonhado. Porque gente, a vergonha combinada com a ressaca moral e a ressaca real é uma coisa difícil de lidar. Na verdade se fosse em outra situação eu não me importaria e só ia ser uma história bem engraçada pra contar. Mas não era um cara qualquer, era um cara que eu gostei bastante.
Cês acham que ele respondeu? É claro que não.
Cês acham que eu to obcecada olhando meu celular de 2 em 2 minutos? É claro que sim não.
Eu contei toda essa história porque, apesar de tudo, eu tô me sentindo muito fabulosa porque um boy maravilhoso quis me pagar drinks em bares? Talvez.
Vamos todas fazer uma corrente do bem para que eu obtenha uma resposta em breve? Sim, por favor.
Claro que eu já tenho todas as respostas possíveis pra resposta dele (que, convenhamos, não virá), sendo a principal delas algo do tipo 'EU JURO QUE SOU MELHOR QUE ISSO. ME DÁ UMA SEGUNDA CHANCE PFVR', finalizado com esse gif:
 
Migas, às vezes eu leio as coisas que escrevo e fico pensando que quem não me conhece pessoalmente acha que eu tô falando sério e eu não tô tá?! A história é verdadeira mas eu exagero só pra incomodar <3
Então, senta que lá vem uma segunda história que eu também exagero só pra incomodar:
Tem esse menino que eu sou meio obcecada. Uma vida atrás, durante uma semana, eu tinha esses aplicativos ~românticos sqn~ tipo Happn e Tinder. Em uma semana decidi que não era pra mim. Não julgo e até tenho amigos que fazem (haha), mas não é pra mim. Mas nessa semana conheci esse cara por lá que fiquei afim. E aí eu vi ele na rua e mandei uma mensagem pra ele dizendo que achava que tinha visto ele, a gente trocou meia dúzia de palavras e nunca mais ele respondeu. Até aí tudo bem, mas acontece que eu vi ele em situações diferentes umas dez vezes depois disso. Eu não tava me sentindo muito bem na época, triste por causa de ex, auto-estima baixa, e não tinha coragem de falar alguma coisa. Eu tenho certeza que ele não me reconhece porque a minha foto de perfil era meio irreconhecível. Aí um dia eu fui numa festa e ele tava também. E eu criei coragem. Ele tava a uns 5 passos de distância de mim e eu pensei 'QUER SABER, VOU LÁ, É AGORA OU NUNCA.' e eu virei pro outro lado só pra dar uma pensadinha direito de dez segundos sobre o que vou falar, pra não chegar OI JÁ TE VI MIL VEZES SOU MEIO STALKER APARENTEMENTE SOU OBCECADA. E aí me viro de novo e a criatura DESAPARECEU. Sumiu na noite, nunca mais achei. Daí esse menino passou a ser uma lenda entre eu e meus amigos.
Eu finjo que eu estou procurando ele em todos os lugares que eu vou. Eu já fingi um ataque cardíaco uma vez que eu achei ter visto ele na rua. Eu vi um cachorro com o pelo parecido com o cabelo dele (not kidding) e mandei uma foto do cachorro pra minha amiga com a legenda 'PARECE MEU FUTURO MARIDO'. Meus amigos viraram todos paparazzis dele e eu inclusive já recebi algumas fotos dele em lugares aleatórios com legendas do tipo 'QUER Q EU SEQUESTRE E TE LEVE?' e 'TEU GORDINHO TÁ AQUI, VEM'. Às vezes eu só chego bem baixinho no ouvido de uma amiga e falo o nome dele. Vocês podem perceber que, apesar de eu fazer todo um esforço nesse blog pra parecer normal, no fundo eu sou um inferno.
É claro que eu podia adicionar no Facebook e sei lá, contar que sou afim, efetivamente TENTAR alguma aproximação. A gente tem uns 200 amigos em comum e acho que super daria pra tentar.
Mas quer saber? Eu cheguei a conclusão que é muito mais engraçado eu nunca ficar com ele do que eu efetivamente ficar. Aliás, ainda se fala 'ficar' quando a gente quer beijar alguém? Eu tô velha, eu não sei mais.

20 comentários:

  1. eu adoro as histórias de quem usa esses aplicativos/tem Aventuras Amorosas, porque eu mesma outro dia vi uma menina bonita na rua, encarei por 2 segundos e já desviei o olhar achando que ia parecer uma psicopata esquisita stalker na rua. e também acho muito mais engraçado você nunca ficar com ele, porque...

    bom, vamos ser sinceras. nenhum boy é melhor do que ter uma história dessas pra contar.

    ResponderExcluir
  2. lendo seu post tenho a grande certeza de que não sei mais ser solteira
    meu deus haha
    e acho que se fala "ficar" sim, apesar que mesmo quando era "tendência" era brega, então agora não sei como classificar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahaha tb não sei ser solteira :~ MAS TAMO AÍ NA ATIVIDADE né aprendendo todos os dias

      Excluir
  3. Eu não sei se era permitido dar muita risada, mas eu dei. Desculpa, Cacá. x)
    E, se eu fosse solteira, é bem provável que eu fosse péssima para paquerar. E você não é péssima; acho que quem é mais tímida ou introspectiva (nem sei se vc é umas dessas coisas, mas pelo texto me pareceu que sim...) é mais difícil mesmo, relaxa que ainda vai dar tudo certo. ;)

    E acho que hoje se fala "dar uns pega" hauehuaheua Eu sempre falei "ficar" também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha era permitido sim, era meu objetivo <3
      DAR UNS PEGA eu me recuso, na boa, que jeito horrível de chamar :~

      Excluir
  4. A primeira história foi engraçada, tomara que o rapaz te mande mensagem. Mas nada se compara a essa segunda.. Acho que se um dia você conversar com ele, toda a parte engraçada acaba.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Haha Cacá eu leio sue blog ha´um bom tempo e sabe né sempre bate aquela preguicinha de comentar apesarrr de que também tenho um blog e também adoro comentários, mass casa de ferreiro espeto de pau, Massss voltando.

    Queria ser sua amiga como faz? tem manual? Brincadeirinha (mesmo eu querendo de vdd)
    Mass me identifiquei com muitas coisas rsr principalmente sobre o crush lenda tenhoou m assim tb que minhas amigas ve ele manda foto avisa que ta lá hasuhasuhas e tals MORRI, e sobre o golpista da globo, to aqui na fé que ele vai responder algo assim: Oi desculpa mais o sinal do meu cel ficava oscilando não conseguia te responder, vamos marcar algo novo e dá próxima me avise que você está na vigésima sexta cerveja que ai te pago um doce ^^ rsrsrrs

    Adorei tudo !!!!
    www.blogavontade.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hihihihi tem manual não <3
      mr. big não respondeu e já aceitei a minha desgraça e que perdi minha única chance de ser feliz no amor AQUELAS NÉ HAHAHAHA

      Excluir
  6. O tanto que eu ri com esse post!
    Li no ônibus na sexta e várias gargalhadas e olhares de julgamento dos demais passageiros.
    Miga, até gora nada? O povo quer atualizações!

    Quanto a segunda história: não adiciona no facebook não, assim tá mais legal e ano que vem tem BEDA de novo, rende várias pauta!

    Queria aproveitar o comentário pra mandar um beijo pro senhor seu pai que deve ser muito boa gente: UM BEIJO!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahaha ai miga esse navio já zarpou já aceitei mas a ressaca moral está no quinto dia e contando :~ ainda considero me mudar pro méxico, mudar de nome e de vida.

      meu pai é demais mesmo <3 <3

      Excluir
  7. Miga apenas me abrace
    Setembro foi o mês que tive o grande prazer de ficar altinha pela primeira vez e bom, digamos que no quesito romance nós estamos bem próximas uma da outra, com a singela diferença de que eu gritei "PARABÉNS" pro moço que achei bonito
    Não me orgulho, mas não era eu, era o álcool.

    Novembro Inconstante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahaha eu já apontei pra um e disse 'EU IA.' :~

      Excluir
  8. Acho que nunca ri tanto lendo algo auhsuahsuahs deixa o cara como uma lenda mesmo, é mais divertido ficar recebendo fotos e notícias dele uahsuasuha
    E miga, tamos aí na corrente do bem pelo golpista da globo

    ResponderExcluir
  9. hahah, sua vida amorosa é realmente uma novela. É muito bom ler esses seus posts descontraídos, se você acha que não sabe sobre o que postar eu já acho que você ter um perfil bem definido de posts e que arrasa.
    Ah, e aquela cartinha que nunca chega? hahah, bem que você avisou que ia demorar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tá aqui fechadinha só falta levar no correio :~

      Excluir
  10. kkkkk,eua cho mais justo deixar como lenda mesmo e viver no eternos stalker
    ]

    ResponderExcluir
  11. Cacá, você não está sozinha na primeira história. Meu lado TERRÍVEL também se manifesta sempre nessas situações!!!

    ResponderExcluir
  12. Nossa, eu descobri teu blog em blogroll's alheios e ele era tudo que eu precisava ler pra alegrar um pouquinho minha vidinha, teu senso de humor é divertidíssimo (afinal de contas é um senso de humor, eles TÊM QUE ser divertidos) e me fez rir muito porque já li uns vinte post's de uma vez (espero que o stalk não soe creepy, hih).
    Enfim, certamente vou voltar aqui. ^^

    ResponderExcluir

infelizmente o blogger não tem uma plataforma muito boa de comentários, então se alguém tiver algum interesse em ver minha resposta tem que voltar aqui no post. Procuro responder todos!
Obrigada pelo feedback!!

Tecnologia do Blogger.
Back to Top