doe sangue você também

17 de março de 2016
Eu sempre tive medo de doar sangue. Imaginava aquela agulha entrando em mim e meu santinho, já passava mal. Aí um dia o pai de uma amiga ficou doente e precisava de doadores e eu em um momento muito altruísta nem pensei e fui.
Antes de doar sangue rola uma triagem. Primeiro uma pessoa te faz umas perguntas constrangedoras, tipo VOCÊ TEM UMA VIDA SEXUAL ATIVA? e tu pensa OPAAA ME PAGA UM DRINK PRIMEIRO. Nessa hora eu já tava torcendo pra que por algum motivo eu não pudesse doar. Putz, devia ter feito aquela tatuagem. Olha, eu tomei um tylenol semana passada hein... Tem certeza que não afeta em nada? Que eu saiba eu não tive hepatite, mas vai que...
Depois medem tua pressão, temperatura e dão uma ~picadinha~ no teu dedo pra ver sei lá o que. Nisso eu já faço um escândalo. 12 POR 8 É NORMAL PRA PRESSÃO? OUVI DIZER QUE É ALTA HEIN... MAS COMO É ESSA PICADINHA? DÓI? É UMA AGULHA? MEU DEUSINHO. Não doeu.
Aí tu entra pra doar. Por algum motivo todas as vezes que doei sangue me perguntaram se eu estava nervosa. SE EU TÔ NERVOSA? EUUU? NÃO, CAPAZ, TU É SÓ UMA AGULHA GIGANTE FALANTE, MAS NERVOSA NÃO TÔ.
E aí aconteceu a coisa mais incrível: não doeu.
Quer dizer, claro que dói um pouquinho, mas é uma dorzinha ok de meio segundo quando a agulha tá entrando. É desconfortável ter que ficar mexendo a mão pra bombear o sangue e a sensação é desagradável. Mas pra mim, não passou disso: desconforto.
Desde essa primeira vez que doei tenho doado com freqüência, de 4 em 4 meses (é o tempo necessário para a mulher se recuperar, homem é 3).
Então escrevi isso aqui pra tentar convencer mais alguém de doar também. A gente cria muito medo das coisas e as coisas são muito mais tranquilas do que a gente imagina. Doar sangue é uma coisa bem legal que ajuda muita gente. A gente fica andando por aí saudável com o corpo funcionando e nem valoriza isso porque a gente não conhece outra coisa. Mas tem muita gente por aí que precisa de um pouquinho da gente.
Já doei muitas vezes e aprendi que não pode olhar. Não fico olhando porque dá nervoso. Quando a pessoa coloca aquela fita pra apertar o braço eu já fecho os olhos e só abro depois que a agulha está ali tapadinha. Em resumo: se eu ficar o tempo todo pensando na morte da bezerra eu fico de boinhas mas se em algum momento eu decido analisar realmente o que eu tô fazendo e pensar que nesse momento tem uma agulha enfiada em mim e sangue saindo de mim minha pressão baixa. O que não é nenhum fim de mundo, a gente ganha suquinho e mais amor das enfermeiras e dá uns minutinhos e fica tudo ok. 100% psicológico.
Aqui em Porto Alegre quase sempre vou no banco de sangue do hospital da PUC, as enfermeiras são bem atenciosas e fofas, o atendimento é rápido e o estacionamento é grátis para doadores, caso interesse alguém. Sei que tem outros bons mas só posso indicar esse.
Doe sangue você também :)

28 comentários:

  1. Eu tenho curiosidade para saber como é doar sangue, mas né, não tenho peso suficiente para. kkkk Aí eu meio que penso que isso é bom, pq provavelmente iria amarelar na hora H, ia ter um troço, sei lá.
    Espero pelo menos um dia conseguir doar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pode invejar não ter peso o suficiente pra doar sangue? hahaha :~ eu tenho sobrando
      eu achei que ia amarelar tb, mas fechei os olhos e ACREDITEI

      Excluir
  2. Oi, muito legal o seu post!
    Ri muito com o início, você contando como foi e tals hahaha.
    Eu não posso doar ainda, porque fiz uma cirurgia ano passado, mas tenho muita vontade de doar.
    Inclusive em janeiro eu fui me cadastrar para doadora de medula óssea.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tem um monte de detalhezinho né. Meu próximo passo é me cadastrar também pra medula óssea, MAS TENHO MEDO QUE ME CHAMEM hahaha :~ ridicula. Mas vou fazer igual.

      Excluir
  3. Eu sempre pensei em doar sangue, acho um ato lindo! Porém eu peso abaixo de 50 kg e a um mês atrás fiz endoscopia. Mas assim que eu tiver condições (e descobrir onde faz aqui na minha cidade) irei fazer. Não tenho problemas com agulhas no braço (traseiro é outra história). Um único contratempo é que é bem difícil encontrar veias no meu braço, as vezes tenho que furar em mais de um dia.

    rsenhando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. endoscopia tem que esperar um ano se não me engano. É bastante né? Nunca precisei levar injeção na bunda, deve ser horrível :~
      Pois é, eu conheço uma pessoa que tem 'veia bailarina', que é dificil de achar também. Acho que não encarava daí :(

      Excluir
  4. Ai que fofa! Eu sempre quis doar mas antes não tinha peso e agora que tenho peso de sobra tô sempre tatuando, aí não rolou. Inclusive já me falaram em laboratório que quem tem mais de 7 tatuagens não costuma passar na triagem, eu tenho mais, mas ainda assim quando conseguir dar um tempo nas agulhadas eu vou tentar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca ouvi falar dessa regra de mais de 7 tatuagens :( tomara que não seja verdade, né? Mas depois de fazer uma tem que esperar um ano.

      Excluir
  5. Acho bonito quem doa sangue. Tenho peso e tal, mas minhas veias são muito finas. Para doar só se for num caso de extrema urgência :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, conheço gente com problemas assim, acho que a dor deve ser uns 200% maior né? E Às vezes não acha, IMAGINA QUE DRAMA. nossa eu ia surtar. mas só indo lá pra saber :(

      Excluir
  6. Não posso, faço sexo com homens.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que regra bem escrota né :(

      Excluir
  7. Que atitude linda *-*
    Uma vez, na faculdade, fizeram mutirão e eu entrei na fila, morrendo de medo, é claro. Mas meu peso não era o suficiente para fazer a doação, fiquei até aliviada porque tenho um certo pavor com agulhas. Dias desses precisei fazer exame de sangue e se a enfermeira não fosse tão experiente, eu tinha desmaiado na frente dela mas, como ela manja dos paranauês, eu não desmaiei mas, passei muito mal, coisa de louco né, kkkkk. Mas quero muito parar com essas frescuras e conseguir ser doadora, de medula também (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pretendo me cadastrar no banco de medula tb, mas ainda não fui pq tem que ir num lugar especifico mas tenho medo que me chamem pra doar HAHAHAHA looser.

      Excluir
  8. gente, me indicaram o seu blog dizendo que " amo ela" ... vim correndo aqui e to apaixonada pelos seus contos diários! Inclusive vi suas indagações sobre o fax e selfie esses dias no face, alguém compartilhou acho ( e espero que com créditos)
    <3

    Follow Cíntia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aiiiii que linda <3
      não sei se alguem compartilhou mas eu posso muito bem ter visto isso em algum lugar e ter ~somatizado~ e achado que fui eu HAHAHAHAH VAI QUE NÉ

      Excluir
  9. Mano que atitude linda a tua, acho super válido doar sangue e tals, tenho bastante vontade de ir, mas cadê coragem, sou o tipo de pessoa que tem que se preparar tipo umas semanas antes quando tenho exame de sangue simples para fazer, e ainda sim dou show na hora de tirar sangue, fico agressiva, xingo e só me acalmo com um doce hahhaha, a parte do doce é mentira, mas muito corajoso e bonito da sua parte a atitude

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAHA eu ficava agressiva quando ia depilar com cera (agora nao depilo mais por motivos de GRL PWER opa preguiça). xingava a mulher coitada, já chegava avisando Ó DESCULPA MAS SINTO DOR E FICO BRABA HEIN.

      Excluir
  10. Eu não posso doar ainda, acho. pq eu parei de tomar roacutan há pouco tempo. o que eu sinto ao tirar sangue é gastura. Mas como vc disse, é só não tentar pensar nisso e não mexer demais porque a sensação da agulha lá dentro é ruim HAHAHAHA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. roacutan tem que esperar 1 ano se não me engano

      Excluir
  11. Infelizmente eu não posso doar porque peso menos do que eles pedem.Acho uma atitude linda e muito necessária! Tenho uma certa agonia quando vou tirar sangue, imagino que doar deve dar essa mesma agonia, mas vale a pena.

    Beijos
    Poesia em Transe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é uma agoniazinha mesmo, mas bem de leve e sustentável hahaha

      Excluir
  12. Eu doei final do ano passado, tá chegando a hora again ^^

    ResponderExcluir
  13. Que iniciativa maravilhosa! Mais pessoas deveriam doar sangue mesmo, infelizmente não posso doar pois não aceitam doação de sangue de homossexuais (sim, ainda há esse preconceito).

    Sailor Laro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu odeio essa regra :( uma vez perguntei pq e a mulher me deu toda uma explicação absurda e na minha cabeça eu só pensava BULLSHIT BULLSHIT BULLSHIT

      Excluir
  14. Não tô podendo doar pois muitas viagens ao MT, muitos piercings e tatuagem no último ano, mas quando eu podia, tentava ir sempre. Você senta lá, bate um papo, assiste tv, fica apertando aquela bolinha maneira e, no meu caso, morre de rir da coleguinha que foi reprovada por exceder o número de parceiros sexuais permitidos (viu, essa pergunta aí é coisa séria).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NUNCA ME DERAM ESSA BOLINHA :~~~~~ tenho que ficar mexendo a mão como se tivesse 'chamando' alguém sabe? QUERO BOLINHA
      hahahaha meldels que maravilhoso eu não sabia que dava pra ~exceder o número de parceiros~ eu riria muito tb!!
      uma amiga não conseguiu doar pq transava sem camisinha com o namorado a enfermeira perguntou umas coisas tipo TEM CTZA Q ELE NÃO TE TRAI e ela ficou OLHA NÃO TENHO CERTEZA DE NADA NESSA VIDA e ela BOM SE NÃO TEM CERTEZA NÃO PODE HEIN mas a gente só ficou braba na hora PQ NÉ SEJA MENAS
      agora não sei se tenho mais inveja das gata q comentaram aqui dizendo q não tem peso suficiente ou da miga que ~excedeu o número de parceiros~ AQUELAS

      Excluir

infelizmente o blogger não tem uma plataforma muito boa de comentários, então se alguém tiver algum interesse em ver minha resposta tem que voltar aqui no post. Procuro responder todos!
Obrigada pelo feedback!!

Tecnologia do Blogger.
Back to Top