Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2015

I like #28

1. lista - 60 pequenas históras de amor que vão te fazer sorrir*: coisa mais querida essas pequenas histórias de amor. Eu dei uma choradinha. Sério.
2. livro - fictious dishes*: Meio batido já, mas achei muito legal esse livro com refeições fictícias relacionadas à literatura. Queria muito um para ficar babando nas fotos e nas comidas.
3. mural do pinterest - seeing the writing on the walls: ótima inspiração para quem tem parede de mural em casa. A nossa aqui da cozinha está meio fraquinha, já tá na hora de fazer alguma coisa nova nela :)
4. vídeo - como fazer caligrafia moderna*: orgasmo caligráfico, pra quem é louco por escrita como eu. Sou louca por comprar essas canetas maravilhosas :) Sem contar que o cara que "apresenta" é a maior simpatia, hahaha. Amo o sotaque e a seriedade dele.
*os links com asterisco estão em inglês. Tipo todos, desculpa :(

b&w sqn

A primeira vez que eu mexi no Photoshop foi para tentar fazer uma imagem que nem essa:
Em meados dos anos 2000 (hahaha) fazer fotinhos assim era moda, a gente ficava tirando selfie com alguma coisa colorida e deixava o resto em preto e branco para postar no fotolog. A minha câmera era uma Sony Mavica de disquete, você conseguia tirar ao todo 4 fotos por disquete. Coisa mais gloriosa. Saudades.
Não sei porque lembrei disso, mas fiquei com vontade de fazer de novo. Tentei fazer alguma coisa mais artística, mas achei que deu completamente errado.
É brega ou é brega?

5 coisas que eu não admito

Vim aqui humildemente admitir para o mundo coisas que eu nunca admito:
1) Não gosto de crianças. Elas me agoniam, me deixam nervosa, não tem raciocínio lógico, não consigo dialogar e sempre que eu acho que estou me dando bem com uma ela perde a atenção e vai, sei lá, riscar uma parede. Meu único objetivo quando estou sozinha com uma criança é a) pentear cabelos das bonecas ou b) montar pistas de corrida. Pardon my binarismo de gênero, levem embora minha carteirinha de feminista radical. Também fico torcendo para que a criança não se machuque de alguma forma e a culpa acabe sendo minha. Quando elas estão em grupo é ainda pior, ficam se batendo e se chutando e eu
Exceção a sobrinha do namorado que é inteligente, bem humorada e uma das minhas únicas amigas mulher (ela tem 7 anos).
2) Amo Legião Urbana. Aquela breguisse me fascina, toda vez que alguém decide tocar saporra numa rodinha de violão e galera fica revirando os olhos eu reviro também mas por dentro tô cantando SOMOS OS FILHOS DA REVOLUÇÃÃÃO, SOMOS BURGUESES SEM RELIGIÃÃÃO GERAÇÃO COCA COLA. Choro quando o João Roberto morre na curva do diabo em Sobradinho. Queria um relacionamento Eduardo e Mônica. Quando o meu primeiro namorado disse que não sabia mais o que sentia por mim, pediu um tempo e disse que um dia a gente ia se ver, eu dizia "ainda é cedo". O trecho de Faroeste Cabloco onde o Renato Russo canta "olha pra cá filha da puta sem vergonha..." foi o primeiro palavrão que ouvi na vida e lembro de ter uns, sei lá, 6 anos, e cantar no carro com medo de levar xingão da minha mãe, o que nunca aconteceu porque né, ela mesmo que colocava o CD, eu tinha o aval dela e aquilo era emocionante, poder falar um palavrão. E, gente, QUEM ME DERA AO MENOS UMA VEZ TER DE VOLTA TODO OURO QUE ENTREGUEI A QUEM CONSEGUIU ME CONVENCER QUE ERA PROVA DE AMIZADE SE ALGUÉM LEVASSE EMBORA ATÉ O QUE EU NÃO TINHA ~~~~~ QUE FRASE!
Admita você também.
3) Tenho medo de bebês. Tenho certeza que vou derrubar se alguém colocar um no meu colo. Quando alguém diz para "cuidar com a moleira", nossa, meu coração para. E quando eles choram?  A agonia de não saber por que? Hiperventilação. Exceção para minha prima Sofia que é o único bebê que me dou bem e se dá bem comigo, inclusivo durmo de conchinha com ela e se eu pego ela no colo quando ela está chorando ela para de chorar porque ela me ama, certeza, e teve uma vez que todo mundo tentou mas só eu consegui fazer ela dormir com meus poderes calmantes de prima. Em breve será considerada criança e espero que ela continue sendo uma exceção relativa ao item 1.
Renton, I get you.
4) Tenho vontade sincera de lamber coisas que eu acho fofas, incluindo aqui Sofia, pessoas, cachorros, comidas e controle do ar-condicionado quando está fazendo 40 graus.
5) Queria que fosse socialmente aceitável assar animais de estimação. Alguns gostaria de assar inteiro com uma maçã na boca (especialmente buldogues) outros quero só o pernil gorducho assado na churrasqueira (Pipeline) para comer com geléia de amora e algumas orelhas colocaria em feijoadas.
as miga foge

cemitério da recoleta #2

Quando fui para Mendoza fiz uma escala de cinco horas no aeroporto de Buenos Aires. Aproveitamos para comer empanadas e visitar um dos meus lugares preferidos de lá, o cemitério da Recoleta. Já fiz post sobre ele aqui, de uma outra vez que visitei a cidade.
Caveirinha de bandeira de pirata.
Parece o Pequeno Príncipe mas não é.
Father Fahy foi um padre irlandês com opiniões políticas meio questionáveis, mas eu não sabia disso quando tirei essa foto.
E a Liliana Crociati de Szaszak estava assustadoramente bela com essas teias de aranha no rosto. Copiei a história dela que já tinha contado lá no outro post: Liliana faleceu com apenas 25 anos em um desastre natural, quando estava em lua de mel na Áustria. Dizem que seu cachorro morreu no mesmo dia, aqui na Argentina. A estátua encomendada por seu pai representa ambos, ela ainda com seu vestido de noiva. A dor de sua família também está representada sob forma de poema:
"À minha filha,
Só me pergunto por quê
Tu se partiu e despedaçou meu coração
Que só te queria, por que?
Por que? Só o destino sabe o porquê e me pergunto, por que?
Por que não se pode estar em si, por que?
Tão bela eras que a natureza invejosa te destruiu, por que?
Por que, só me pergunto se há Deus, se leva o que não é seu
Porque destrói e abandona à infinita dor!
Por que? Creio no destino e não em ti?
Por que sempre sonho contigo, por que tem que ser?
Por todo o amor que sente meu coração por ti,
Por que? Por que?
Teu pai."
Todas chora.
Quero voltar quero voltar quero voltar quero voltar quero voltar quero voltar quero voltar quero voltar quero voltar quero voltar quero voltar quero voltar quero voltar quero voltar quero voltar quero voltar quero voltar quero voltar quero voltar quero voltar quero voltar quero voltar quero voltar quero voltar quero voltar quero voltar quero voltar quero voltar quero voltar quero voltar quero voltar.