filme: loucamente apaixonados

Estava lá de bobeira procurando algum filme interessante no Net Now. Estava afim de assistir uma bobagem, uma comédia romântica qualquer. E aí encontrei esse. Vi que foi premiado no Sundance Festival. Sou tão desligada de cinema que nem sabia o que raios era o Sundance Festival. Mas pensei, 'ué, se ganhou um prêmio deve ser bom'. Vim a descobrir agora que o Sundance Festival se trata de uma espécie de oscar para filmes alternativos. Apns informando os desavisados como eu.
Gostaria aproveitar esse momento para declarar meu amor pelo Now e pelo sistema da Net onde você pode gravar, pausar, retroceder e pular comerciais. Net, seu atendimento é uma bosta, mas eu ainda te amo.
Sinopse: Anna é uma estudante britânica nos Estados Unidos e se apaixona por Jacob. Os dois passam a ter uma relação bastante intensa, até que o visto de Anna expira. Ela decide ficar nos Estados Unidos apesar do visto vencido. Por problemas burocráticos Anna é impedida de voltar aos país, enquanto Jacob fica impossibilitado de ir à Grã Bretanha devido ao seu trabalho. A distância abala a relação e Anna e Jacob tentam, entre idas e vindas, ajeitar as suas vidas.
Começo dizendo que eu sou romântica. Sabe essa baboseira toda de amar, querer ficar junto para sempre, trocar confidências e mandar recadinhos o dia todo? Vivo pra isso.
Loucamente Apaixonados é um filme romântico, igualzinho a eu. Entendi tão bem os personagens e o relacionamento deles. Me vi em momentos que eles passaram juntos. Lembrei de todos os relacionamentos que já tive. Pensei no relacionamento que tenho hoje e fiquei grata por ter um guri tão querido do meu lado.
No filme, você acompanha todo o romance do casal. Como eles se conhecem, o primeiro encontro, o primeiro beijo, o primeiro "eu te amo", a primeira briga, despedidas, reencontros. De alguma maneira o filme consegue mostrar o que atraiu um ao outro. As coisas que eles tinham em comum e a química entre eles. Você acompanha o amor surgindo entre eles.
Mas Loucamente Apaixonados não é um filme feliz. No melhor momento do relacionamento deles, eles são forçados a se separar. Ela é britânica e vai visitar a família. Na volta, não consegue entrar nos EUA e é deportada. O filme se inverte. Passa de amor para dor. Você sente a dor deles. Você entende a saudade que eles sentem um pelo outro e as decisões precipitadas que eles tomam.
O filme é real, palpável. Ela não perde a memória recente e tem que ser reconquistada diariamente. Ele não encontra um controle mágico que o faz repensar a sua vida inteira. Ela não é uma princesa fugida em Roma. Ele não morre e desiste de ir pro céu pra ficar ao lado dela. Podia acontecer comigo ou com você. Um enredo real e sincero (o que de fato procede por algumas resenhas que eu li - o roteirista se baseou numa história que aconteceu com ele).
Não sei pra vocês, mas pra mim é difícil um filme que te faz rir, chorar, se identificar com os personagens e relembrar bons e péssimos momentos da sua própria vida.
E o que era pra ser uma bobagem qualquer me surpreendeu muito. Achei que valia a indicação.
Ah, e tem a Jennifer Lawrence também, aquela linda que caiu no Oscar e se recuperou tão lindamente que desde então mora no meu coração.

Comentários

  1. ameei sua 'resenha'. amo/sou filme de comédia romântica, drama e coisas assim. amo chorar, hahahaha :))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu também, quando começo a chorar num filme já coloco ele na categoria de filmes bons! hahaha

      Excluir
  2. Eu também não sabia o que era Sundance Festival. Nem sabia que existia, na verdade. ahsuhas

    E, bom, adorei tua resenha/indicação! Eu adoro filmes românticos/bobinhos e, se forem, alternativos, ai sim há uma grande chance de eu gostar mesmo!

    Esse ainda não vi, mas conheço esse gif (sempre achei fofo!) e agora preciso encontrar e baixar. :3

    Beijo ;*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, nunca tinha ouvido falar nesse treco, mas achei interessante e até coloquei alguns outros filmes que foram premiados na minha listinha de quero ver :))
      Agora, o que eu quero mesmo saber é como você colocou negrito nos comentários. assim? Irei saber se funcionou em 5,4,3...

      Excluir
    2. YEEES FUNCIONOU

      Excluir
  3. Nossa. Já quero assistir. Amo filmes desse tipo... Que trazem um sentimento diferente. E aliás, como não amar Jennifer Lawrence?!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela é ótima, né? Depois que assisti O Lado Bom da Vida me apaixonei por ela :) mas ela aparece muito pouco nesse filme, apns informando! haha

      Excluir
  4. Fiquei muito, muito interessada em ver o filme. Já estou com uma lista enorme de indicações, mas esse vai merecer um posto no pódio...

    Amei a resenha.

    olhos-de-capitu.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eba, que bom!! Depois me conta se gostou :)

      Excluir
  5. Aaaah, eu também sou romântica!!!
    :B ♥
    Será que acho esse filme pra baixar???
    Achei sua resenha tão sincera e bem humorada!

    Beijoquinha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, deve ter por aí porque ele é de 2011... Como não baixo filmes nem sei onde procurar, hehe.
      Eu tô adorando fazer resenhas de filme por aqui, com certeza virão mais :) eu só tenho que cuidar pra não sair contando a história inteira - decidi sempre me restringir à sinopse. Hahaha, não conto nada além da sinopse, acho que é um bom plano de ataque :)

      Excluir
  6. Já tinha assistido esse filme, e é mesmo um amor. Tem um site bacana (pode falar da pirataria aqui? Hahahahaha) que você assiste muitos filmes online. Inclusive, foi lá que assisti e depois comprei uma versão Capitão Gancho (pirata) em uma banca da esquina.

    O site é filmesonlinegratis.net
    Vale a pena conferir os dramas e os romances. =)
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha obrigada pela dica, mas não gosto de assistir filmes pelo computador, além de ser meicontra pirataria, então acabo dependendo de locadoras e televisão mesmo :{ (nada contra, viu? hehehe) :)

      Excluir
  7. ontem eu assisti a esse filme, por indicação sua. achei tão delicado ^^ e o realismo dele é mesmo um caso à parte. (apesar de ter ficado putíssima com o Jacob. achei ele egoísta...)
    enfim... se der pra indicar mais filmes assim, tamo aí XD

    ah, e o final, gente, o final... apenas amor demais ♥

    ResponderExcluir

Postar um comentário

infelizmente o blogger não tem uma plataforma muito boa de comentários, então se alguém tiver algum interesse em ver minha resposta tem que voltar aqui no post. Procuro responder todos!
Obrigada pelo feedback!!