meme literário de um mês (em um dia)

4 de novembro de 2012
Vi por aí várias blogueiras participando desse meme literário do blog Happy Batatinha e achei bem legal... Aí quando finalmente decidi fazer, descobri que o prazo para terminá-lo é, bom... amanhã! Hahaha. Então é isso, resolvi correr contra o tempo e tentar fazer tudo em um dia. Que tal? O post vai ficar gigante e duvido que alguém leia inteiro, mas vai ser legal :)

Dia 01 – Que livro você está lendo? Sobre o que é? Onde você está? Você está gostando?
Estou lendo O Cemitério de Praga, de Umberto Eco. Fala da história de Simonini, um falsificador de documentos muito competente que realiza serviços para o governo. Todos os personagens do livro realmente existiram (exceto o protagonista), então dá pra imaginar que existem muitos dados históricos. Fico pensando quantos anos Umberto Eco não pesquisou para poder escrever uma história tão detalhada. Respeito muito isso. Mas posso falar? O livro é um porre. Estou lendo ele faz 4 meses. Acho que foi o livro que fiquei mais tempo lendo. A história não se desenrola. E o pior de tudo é que sei que não vou conseguir ler nenhum outro livro até terminar esse. E o livro se arrasta... Só de pensar que ainda tem umas 100 páginas (e gente, eu acho 100 páginas muito pouco, mas pra esse livro juro que vai ser o equivalente a 500) já fico com preguiça! Mas eu hei de conseguir (:

Dia 02 – Qual foi o último livro que leu e qual é o próximo livro que lerá? Fale um pouco sobre eles.
O último livro que li foi Maigret em Nova York, de Georges Simenon. Gosto de intercalar livros mais pesados com livros leves. Esse é bem curtinho, li em um dia e é bom para desopilar um pouco. Ainda não sei qual livro vou ler depois de Cemitério de Praga, mas provavelmente vai ser algum nesse estilo. Aí depois passo para um mais pesado: daí meu plano é ler Cem Anos de Solidão, de Gabriel García Márquez. Eu tenho um problema de cérebro cagado esquecimento, e por algum motivo tinha certeza que já tinha lido esse livro. Mas acontece que recentemente descobri que não li, porque uns amigos estavam falando sobre a história e me dei conta que nunca tinha ouvido isso na vida. Isso me acontece bastante, de começar a ler um livro e me dar conta que já tinha lido antes. Me acontece também de esquecer o nome dos livros que li, e por isso que esse meme está sendo um desafio! Acho que confundi com O Amor nos Tempos de Cólera. Esse tenho certeza que li (será?)!

Dia 03 – Como você escolhe seus livros? Por autor? Por assunto? Pela sinopse? Por uma indicação? Fale sobre isso.
Aqui em casa nós temos muitos livros. Tipo, muitos mesmo. E estamos sempre ganhando, comprando... Então tem muita coisa por aqui. É difícil eu ir numa livraria para comprar algum livro específico para ler, geralmente escolho um aqui de casa. O que eu sempre faço é ler as primeiras 5 páginas. Se eu me interesso, continuo. Se não, passo pra próxima. Não é um sistema muito bom, porque eu sempre me interesso nas primeiras 5 páginas, ou pelo menos fico me perguntando quando essa coisa vai ficar interessante e, bem... continuo lendo! Eu normalmente não me foco em nenhum autor específico ou assunto. Com o tempo, descobri que gosto especialmente dos livros de mistério, romances policiais... Mas não diria que são meus preferidos. Por exemplo, nenhum livro dessa categoria está em meus preferidos! Acho que gosto mais para passar o tempo, acho divertido.

Dia 04 – Você costuma lê certo livro só porque ele está em voga? Você é do tipo que lê o que todo mundo está lendo só para estar na “moda” ou segue o seu próprio estilo de leitura?
Olha, acho que não... Esses livros que bombam muito eu sempre passo, tenho preguiça da empolgação entorno deles. Depois que passa o furor em cima do livro, talvez eu vá lá e dê uma olhadinha. Outra coisa que eu não gosto é de ler livros que eu já vi o filme, por motivos de: já saber o fim da história. Como vejo mais filmes do que livros (sei que é vergonhoso, mas né) isso acaba acontecendo bastante também. E tem muitos "livros que estão em voga" que na verdade são filmes, logo...

Dia 05 – Você costuma ler graphic novels e/ou gibis?  Gosta? Não gosta? Tem algum que seja o favorito? Fale sobre isso.
Quase nunca leio. Não gosto nem desgosto, só nunca vai ser a primeira coisa que eu vou buscar em uma livraria. O meu favorito é um chamado The Last Unicorn, de Peter. S. Bagle. Ganhei de um ex-namorado e amei a história e as ilustrações. Esse mesmo ex-namorado tinha uma série chamada Spawn, que era sobre um herói mega dark e eu achava bem legal. Era bem comprido e eu sempre lia um pouquinho quando ia na casa dele. Mas aí acabamos e eu não pude mais ler. E é tipo super caro, jamais comprarei. Hahaha #fail.

Dia 06 – Um livro que todos deveriam ler pelo menos uma vez.
Sinceramente? Não sei.

Dia 07 – Você já pensou em escrever um livro? Se sim, sobre o que seria? Fale um pouco sobre o assunto.
Quando eu era mais nova, sim. Agora penso que não seria capaz.

Dia 08 – Cite um livro que você gostaria que nunca acabasse. Por que?
Prevejo cyber bullying: a saga Harry Potter, de J. K. Rowling. Hahaha. Ainda não superei, ok?

Dia 09 – O que você acha dessa “moda” de livros que acabam virando séries? É a favor? É contra? Não fede nem cheira? Diga o por quê.
Como não estou conseguindo pensar em nenhum livro que virou série no momento, não fede nem cheira para mim.

Dia 10 – Spoilers te assustam? Fica triste quando lê algum sem aviso prévio ou não faz diferença saber detalhes essenciais da história?
Sim, detesto. Gosto da surpresa na leitura. Se já sei, fico o tempo inteiro pensando como a história vai culminar naquele ponto x que eu vi em algum spoiler. Queria muito ser uma pessoa evoluída que consegue ler tranquilamente sem se importar com isso, mas infelizmente não sou assim. Hahaha.

Dia 11 – O que faz um grande escritor? O que faz um grande livro? Quais são as qualidades essenciais em ambos, na sua opinião, para que eles estejam entre os melhores?
O que faz um grande escritor é um grande livro. Para mim, o que faz um grande livro é a sensação de identificação que temos com ele, com os seus personagens, o que sentimos quando lemos...

Dia 12 – Você prefere livros narrados em primeira ou em terceira pessoa? Na sua opinião, o tipo de narrador pode influenciar a história do livro? Fale sobre o assunto.
Por mim tanto faz, gosto dos dois.

Dia 13 – Cite um trecho de um livro que você gosta.
"Ela é um raio de sol, uma mancha rutilante de alegria. É a poesia da vida no meio do realismo mesquinho. Nela, tudo encanta porque tem a inocência que a angeliza, e o sabor das coisas naturais que ainda não sofreram as deformações da sociedade... Clarissa é qualquer coisa de agreste e puro. Clarissa é música e é poesia. Menina e moça - olhos abertos para o mistério da vida, alma que amanhece." - trecho de Clarissa, de Érico Veríssimo.

Dia 14 – Você costuma frequentar bibliotecas? A biblioteca municipal? A da faculdade? Quantos livros costuma pegar? Fale um pouco sobre o assunto.
Quase nunca... Só a da faculdade, para leituras acadêmicas. No geral, uso a "biblioteca" aqui de casa e a "biblioteca" dos amigos (empréstimos <3).

Dia 15 – Se você pudesse escolher um único livro para ganhar/comprar até o final do ano, qual seria?
Helena, de Del Lang. A Del é blogueira também (Bonjour Circus) e ando muito afim de comprar o livro dela, mas estou meio pobrinha. O problema é que não gosto de ler livros digitais, então estou economizando para adquiri-lo :)

Dia 16 - O que te faz largar a leitura de um livro no meio do caminho? Que defeitos imperdoáveis um livro tem que ter para você abandoná-lo?
Quase nada. Só se leio alguma coisa que me ofende de verdade. Por exemplo: se o escritor é claramente racista e isso não está em um contexto dentro do livro. Se o livro é muito "sujo", com muitos palavrões ou gírias também perco a vontade de ler. Não sou nada puritana, mas perco o gosto de ler.

Dia 17 – Na sua opinião, qual é o propósito da literatura? Entreter? Educar? Ampliar horizontes? Fale um pouco sobre isso.
Tudo isso e muito mais.

Dia 18 – Você costumar ler e-books? Ou prefere o bom e velho livro em papel? Por que?
Não. Gosto do bom e velho livro impresso, com cheiro, textura... Acho isso besteira da minha parte, mas ainda não consegui me adaptar com algumas coisas que o mundo moderno nos fornece.

Dia 19 – O que você acha da elitização da literatura? Você acha que realmente só é intelectualizado aquele que lê os clássicos da literatura? Que ler 1000 livros “de banca” não equivalem a 10 clássicos? O que você acha das pessoas que criticam a literatura “para a massa”, os blockbusters literários? É mesmo possível julgar o nível de intelecto de uma pessoa pelo que ela lê? Você tem algum preconceito literário?
Acho que tenho algum certo preconceito sim. Não tem nada a ver com clássicos, não acho que uma pessoa que nunca leu um clássico perde seu intelecto, mas acho que a pessoa que vive só dos blockbuster literários (encaixo aqui aberrações do tipo 50 tons de cinza e crepúsculo) não deve ser um grande ser intelectualizado. Haters gonna hate. 

Dia 20 – Cite 3 livros especiais na sua vida. Fale sobre eles.
Clarissa, de Érico Veríssimo - esse livro é o motivo de eu ter o nome que tenho. Tenho um exemplar dele desde que nasci. Pode até ser alguma força do meu subconsciente, mas realmente me identifico muito com a personagem e com a forma leve que ela leva a vida.
O Apanhador no Campo de Centeio, de J. D. Salinger - esse é bem clichê, mas Holden Caulfield ainda é o personagem que eu mais me identifico no mundo.
Fernão Capelo Gaivota, de Richard Bach - meus pais leram esse livro para mim quando eu era criança e eu nunca esqueci da história.

Dia 21 - Cite 3 personagens literários favoritos. Fale sobre eles.
Holden Caulfield, de O Apanhador no Campo de Centeio (J. D. Salinger) - já falei ali em cima.
Hercule Poirot, de Agatha Christie - como não amar esse detetive ultra perfeccionista e meticuloso? <3
Pollyanna, de Eleanor H. Porter - sei que é brega, mas adoro a forma como essa menininha vê o mundo.

Dia 22 – Cite 3 escritores que você gosta. Fale sobre eles.
Não sou muito apegada a escritores em geral, acho que só a Agatha Christie: história de mistério estão entre as minhas favoritas e né, a Agatha é a "Rainha do Crime".

Dia 23 - Com que frequência você lê fora de sua zona de conforto? Você costuma abrir os horizontes para novos escritores, gêneros, países quando o assunto é leitura ou você lê sempre o mesmo dos mesmos?
Costumo ler livros bem variados e não acho que eu tenha uma "zona de conforto".

Dia 24 – Cite um livro que você achou que não iria gostar e acabou adorando. Fale sobre ele.
O Código da Vinci, de Dan Brown. Não posso dizer que amei, assim. Nada de muito especial na história. Mas tinha certeza que era uma porcaria. Aí encontrei ele no apartamento que alugamos em Paris e comecei a ler ele quando estava lá. Foi muito legal reconhecer os lugares que estavam descritos no livro e poder  visitar os que eu ainda não tinha conhecido. Acho que isso foi o mais legal de tudo. 

Dia 25 – Cite um livro que você achou que iria gostar e acabou não gostando. Fale sobre ele.
Trainspotting, de Irvine Welsh. Decidi ler o livro depois de ver o filme. E aí não gostei. Já sabia tudo que ia acontecer. Detestei a forma que o livro é escrito, também. Cheio de palavrões. De drogas. Sei lá. Adoro o filme, no entanto. Hahaha. Weird.

Dia 26 – Fale de alguns hábitos literários seus.
Não consigo dormir sem ler alguma coisa. Costumo dobrar as bordas dos livros para marcar as páginas, coisa que sei que agonia a maioria das pessoas, então só faço isso nos meus (pode me emprestar que eu não faço, tá?). Não tenho apego aos livros depois que li eles e empresto para todo mundo. A maioria dos meus momentos livres para leitura são em transportes públicos e aulas (hihi), por isso sempre ando com o livro da vez na bolsa. 

Dia 27 – Cite um livro que você gostaria de ler mas que por algum motivo nunca leu. Por quê?
O Iluminado, de Stephen King. Não é o tipo de escritor que me agrada, mas sempre tive curiosidade de ler esse livro. Não leio porque tenho medo. Sérinho. É por isso que também nunca tive coragem de ver o filme. Sou muito medrosa.

Dia 28 - 5 livros que estão na tua pilha de “vou ler”.
Cem Anos de Solidão, de Gabriel García Márquez.
As Vantagens de Ser Invisível, de Stephen Chbosky. Li esse post no blog Crying Lightning e fiquei muito interessada.
A Queda, de Diogo Mainardi. 
Os Mandarins, de Simone de Beauvoir.
- insira sua sugestão aqui :) - 

Dia 29 - Qual foi o último livro que você comprou? Fale sobre ele.
Cupcakes, da Larrousse. Comprei ontem na Feira do Livro. Tem umas receitas bem legais <3

Dia 30 - Qual o livro que você leu esse ano que menos gostou? Fale sobre ele.
O Cemitério de Praga, de Umberto Eco. Razões lá em cima.

Dia 31 - Qual o livro que você leu esse ano que mais gostou? Fale sobre ele.
Paris é uma Festa, de Ernest Hemingway. Falei sobre ele aqui.

7 comentários:

  1. Guria, eu também tinha esse problema com os livros (de jurar que tinha lido, mas na verdade estar confundindo as histórias)! Consegui resolver depois de comprar um caderninho e começar a anotar os livros que leio, até agora tem me ajudado bastante :)
    Vamos sofrer cyber bulling juntas porque eu também não queria que Harry Potter acabasse. Os livros da série marcaram o fim da minha infância e quase toda a adolescência, admitir que a história tinha terminado foi como admitir que essa parte tão boa da minha vida também tinha chegado ao fim :(

    ResponderExcluir
  2. Eu não conhecia esse meme! :O Acho que vou responder no meu blog também, haha.
    Adorei suas respostas! Engraçado ver você comentando de Paris é uma Festa, do Hemingway, que parece ser um dos livros mais famosos deles e eu sinto que só eu não conhecia... E eu não gosto tanto d'O Código Da Vinci ): mas deve ter sido sensacional passear pelos lugares enquanto lia o livro! <3

    ResponderExcluir
  3. Bah, sempre que eu vejo "Agatha Christie" e lembro do alçapão da minha cama onde jazem praticamente todos os livros que ela escreveu em suas primeiras edições. Vontadezinha de tirar todos dali e deixá-los bem expostos, mas não tenho espaço útil no meu quarto :/

    ResponderExcluir
  4. eu li o Iluminado recentemente. E, olha, já deu de Stephen King pra mim. Mais que medo, sinto um certa " perturbação" ao ler os livros dele. Dele, gostei mais de Christine.

    Menina, eu tentei ler Clarissa, mas acho que não tava com muita paciência na época. Larguei e nunca mais voltei.

    ResponderExcluir
  5. Cem anos de Solidão é meu livro preferido, irmã!
    Coloca ai na lista também "O dia do Curinga - Jostein Gaarder". É top 5! E tem um estilo de história que tu vai gostar.

    ResponderExcluir
  6. Mana, coloca também "1984 - George Orwell". Tem ali na minha estante, só pegar!

    ResponderExcluir
  7. Elena: eu sempre quero fazer isso, de anotar os livros/filmes que eu já li/vi. o problema é que sempre que eu começo me dá agonia porque eu sei que a lista está incompleta e começo a tentar lembrar de tudo que já li e vi. ou seja: trabalho infinito. aí desisto. hahaha. guria, eu ainda não superei o fim de harry potter, sabe. acho que ainda vou ficar anos em luto. hahaha.

    Line Schneider: pois é, eu achei bem divertido! olha, acho que Paris é uma Festa não é tão famoso assim, mas não sei! é, eu acho que O Código da Vinci é um livro só para entreter assim, nada demais, sabe?

    Amanda: puuutz, mas comassim tira todos os livros do teu quarto e troca pelos da Agatha! hahaha S2 quero ver a sua coleção hein!

    Juliana: pois é, acho que nunca vou ter coragem de ler os livros dele! Clarissa é um livro bom, mas tem outro tipo de valor sentimental pra mim, não só o livro em si ser bom. enfim.

    Ju: vou ler, hermana! O Dia do Curinga já li! gostei!

    Ju: tá! obrigada ermã S2

    ResponderExcluir

infelizmente o blogger não tem uma plataforma muito boa de comentários, então se alguém tiver algum interesse em ver minha resposta tem que voltar aqui no post. Procuro responder todos!
Obrigada pelo feedback!!

Tecnologia do Blogger.
Back to Top